Imigração e tráfico para exploração laboral. Nepaleses nas estufas em Portugal
Imigração e tráfico para exploração laboral. Nepaleses nas estufas em Portugal
Descrição

 

 

 

O projeto foca-se sobre a migração de nepaleses para estufas de frutos vermelhos no sul de Portugal e a relação com tráfico para exploração laboral. Tem dois objetivos principais, o de investigação e o de contributo para ações de prevenção e combate ao tráfico. Para tal, num primeiro momento, pretende realizar entrevistas no país de origem a imigrantes nepaleses antes de saírem do Nepal e aos que, entretanto, regressaram de Portugal, bem como aos imigrantes nepaleses no país de destino (Portugal), para perceber o papel específico entre as empresas de recrutamento e o tráfico durante todo o processo migratório. A investigação será divulgada em dois artigos científicos. Para o contributo de ações os membros da equipa pretendem discutir com os diferentes agentes que
interagem no processo migratório dos nepaleses (recrutadores, gestores de empresas agrícolas, autarquias, SEF, ACT, Observatório do Tráfico de Seres Humanos, entre outros) a criação de iniciativas para prevenir e combater o tráfico de seres humanos para exploração laboral, bem como uma maior visibilidade e articulação para as atividades já implementadas, como é o caso da “Nova Geração de Contratos Locais de Segurança” em Serpa, do Ministério de Administração Interna. A discussão de ações irá centrar-se em três eixos. Em primeiro lugar, o modo como o trabalho agrícola e natureza sazonal pode ser enquadrado em trabalho regulado, tendo como base a Diretiva 2014/36 – EU, de 26/02/2014, relativa à entrada de cidadãos de países terceiros para trabalho sazonal, a qual se encontra ainda por ser transporta para Portugal. Em segundo lugar, iniciativas
para uma maior participação de nepaleses em cursos de língua portuguesa já existentes em concelhos no sul de Portugal (AA.VV. 2015), como um dos principais recursos de integração e capacitação de imigrantes. Em terceiro lugar, a tradução de legislação laboral portuguesa seleccionada para inglês e nepalês, para capacitar os trabalhadores nepaleses e empreendedores de agências de recrutamento.

 

Parceiros Internos
Centro de Investigação Grupo de Investigação Papel no Projeto Data de Início Data de Fim
CIES-IUL Desigualdades, Migrações e Territórios Parceiro 2017-10-01 2019-02-28
Parceiros Externos

Não foram encontrados registos.

Equipa de Projeto
Nome Afiliação Papel no Projeto Data de Início Data de Fim
Alexandra Pereira CIES-IUL [Desigualdades, Migrações e Territórios] Assistente de Investigação 2018-05-21 2019-02-28
Cláudia Pereira CIES-IUL [Desigualdades, Migrações e Territórios] Investigadora 2017-10-01 2019-02-28
João Carvalho CIES-IUL [Política e Cidadania] Investigador 2017-10-01 2019-02-28
Renato Miguel do Carmo CIES-IUL [Desigualdades, Migrações e Territórios] Investigador 2017-10-01 2019-02-28
Rui Pedro Pena Pires CIES-IUL [Desigualdades, Migrações e Territórios] Investigador 2017-10-01 2019-02-28
Financiamentos do Projeto

Não foram encontrados registos.

Outputs (Publicações)

Não foram encontrados registos.

Outputs (Outros)

Não foram encontrados registos.

Ficheiros do projeto

Não foram encontrados registos.

Imigração e tráfico para exploração laboral. Nepaleses nas estufas em Portugal
2017-10-01
2019-02-28