PIHM/ANT/49781/2003
Influências do género na inserção laboral em Portugal: expectativas e contingências
Descrição

Apesar de Portugal ter uma legislação laboral igualitária, a pertença de género é ainda uma categoria importante na participação dos cidadãos em diferentes domínios profissionais, pelo que as práticas sociais e os conteúdos culturais que lhes atribuem significado estão, frequentemente, em contradição com a lei. Os cidadãos que se inserem em domínios profissionais não compreendidos nas representações hegemónicas cruzam fronteiras sócio-culturais. Analisando a influência da construção social das categorias de género na constituição dos sujeitos sociais e na estruturação da sua vida pessoal, familiar e profissional este estudo visa compreender os elementos que condicionam a entrada de homens e mulheres em domínios profissionais associados a categorias de género a que não pertencem.
Entre gerações sociais transmitem-se elementos culturais que enformam a identidade social dos indivíduos, modelando a definição de categorias como o masculino e o feminino, associando actividades a desempenhos "próprios de mulheres" ou "próprios de homens", que tornam os indivíduos "protagonistas naturais" de certas tarefas e de determinados espaços sociais (cf. Comas; Aguilar). A formação pessoal e profissional dos indivíduos constrói-se, portanto, com recurso a qualificações técnicas associadas à sua categoria de género, que condicionarão tanto a sua inserção no mercado de trabalho, como o seu desempenho e progresso na profissão. Porém, encontramos múltiplas situações em que os indivíduos se inserem em universos profissionais socialmente entendidos como pertencentes a categorias de género a que não pertencem. A pesquisa que se propõe visa identificar os processos que conduzem a essas situações em que se transpõem profissionalmente as barreiras impostas pelas representações sociais em torno das categorias de género e será realizada através da análise de dois grupos profissionais cujos actores estejam numa posição de "não-conformidade de género nas profissões" (cf. Kimmel): homens auxiliares de educação e saúde e mulheres técnicas de informática e electrotecnia em três regiões portuguesas, norte, centro e sul.
Metodologicamente a investigação recorrerá à observação participante, entrevistas semi-estruturadas e inquéritos, de forma a compreendermos: a representatividade numérica de homens e mulheres nestes grupos profissionais; os processos pessoais que conduziram a tais situações; as condições em que estes indivíduos as vivem quotidianamente e a dimensão cultural, simbólica e representacional. Neste sentido, o trabalho de campo será desenvolvido, em cada região e para cada grupo profissional, em torno de quatro grupos de indivíduos - empregadores, empregados, mediadores (sindicatos, associações, outros) e utentes - com o objectivo de através da recolha e análise dos discursos definir a imagem socialmente construída sobre o panorama profissional português, por referência às atribuições sociais de género.

Parceiros Internos
Centro de Investigação Grupo de Investigação Papel no Projeto Data de Início Data de Fim
CRIA-IUL -- Parceiro 2004-01-01 2005-10-31
Parceiros Externos

Não foram encontrados registos.

Equipa de Projeto
Nome Afiliação Papel no Projeto Data de Início Data de Fim
Camila Maria Pombeiro Lopes da Costa Rodrigues CRIA-IUL Investigadora 2004-01-01 2005-10-31
Antónia Lima CRIA-IUL [Grupo de Governação, Políticas e Quotidiano] Investigadora Responsável 2004-01-01 2005-10-31
Financiamentos do Projeto
Código/Referência Tipo de Financiamento Entidade Financiadora Programa de Financiamento País Valor Financiado (Global) Valor Financiado (Local) Data de Início Data de Fim
49781 Contrato Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. PIHM/2003 Portugal 15211 0 2004-01-01 2005-10-31
Outputs (Publicações)

Não foram encontrados registos.

Outputs (Outros)

Não foram encontrados registos.

Ficheiros do projeto

Não foram encontrados registos.

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos projetos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados para este projeto. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.

Influências do género na inserção laboral em Portugal: expectativas e contingências
2004-01-01
2005-10-31