nascer.pt
Laboratório de Estudos Sociais sobre Nascimento
Descrição

nascer.pt - Laboratório de Estudos Sociais sobre Nascimento é uma estrutura de investigação permanente, lançada em 2017 e acolhida pelo CIES-IUL. Tem como objetivo potenciar o conhecimento em torno das condições e características dos nascimentos em Portugal, contribuir para o crescimento da Sociologia do Nascimento e, ao mesmo tempo, promover o cruzamento entre estruturas e abordagens multidisciplinares no estudo do nascimento, a nível nacional e internacional. Através da produção e divulgação de informação de cariz essencialmente científico, o laboratório nascer.pt vem reforçar o debate em torno das práticas, políticas e paradigmas do Nascimento.

Parceiros Internos
Centro de Investigação Grupo de Investigação Papel no Projeto Data de Início Data de Fim
CIES-IUL Família, Gerações e Saúde Parceiro 2017-12-30 2019-04-11
Parceiros Externos

Não foram encontrados registos.

Equipa de Projeto
Nome Afiliação Papel no Projeto Data de Início Data de Fim
Dulce Morgado Neves CIES-IUL [Família, Gerações e Saúde] Coordenadora Global 2017-12-30 --
Mário JDS Santos CIES-IUL [Família, Gerações e Saúde] Coordenador Global 2017-12-30 --
Sónia Pintassilgo CIES-IUL [Família, Gerações e Saúde] Coordenadora Global 2017-12-30 --
Financiamentos do Projeto

Não foram encontrados registos.

Outputs (Publicações)
Ano Tipo de publicação Referência Completa
2019 Recensão de obra em revista Santos, M. J. D. S. (2019). I. Löwy, Imperfect pregnancies: a history of birth defects and prenatal diagnosis, Baltimore: Johns Hopkins University Press. 2017. 296 pp. ISBN: 9781421423630 . Sociology of Health and Illness.
2018 Artigo em revista científica Saint-Maurice, A. & Pintassilgo, S. (2018). Ethnic differences in results of fertility and mother’s health care: Portuguese population and Cape Verdeans living in Portugal. Journal of Population Research. 35 (2), 131-150
2018 Artigo em revista científica Neves, D. M. & Santos, M. J. D. S. (2018). Babies born better: o uso do software MaxQDA na análise preliminar das respostas portuguesas à secção qualitativa do inquérito. Revista de Pesquisa Qualitativa. 6 (10), 124-135
2018 Artigo em revista científica Santos, M. J. D. S. (2018). Can the unequal access to home birth be framed as a source of inequalities? A comparison between Portugal and Denmark. Portuguese Journal of Social Science. 17 (3), 335-347
2018 Working paper Santos, M. J. D. S. (2018). Institutionalisation and professional dynamics in home births: insights from a STSM comparing Israel and Portugal. CIES e-Working Papers.
2017 Artigo em revista científica Santos, M. (2017). Where the thread of home births never broke – an interview with Susanne Houd. Women and Birth. 30 (2), 159-165
2017 Artigo em revista científica Pintassilgo, S. & Carvalho, H. (2017). Trends and consequences of the technocratic paradigm of childbirth in Portugal: a population-based analysis of birth conditions and social characteristics of parents. Sexual and Reproductive Healthcare. 13, 58-67
2017 Capítulo de livro Jette A. Clausen & Santos, M. (2017). Capturing the complexity of practice as an insider: in-labour ethnography. In Sarah Church, Lucy Frith, Marie-Clare Balaam, Marie Berg, Valerie Smith, Christa van der Walt, Soo Downe, Edwin van Teijlingen (Ed.), New Thinking on Improving Maternity Care: International Perspectives. (pp. 73-89). Londres: Printer and Martin.
2017 Publicação em atas de evento científico Neves, D. M. & Santos, M. (2017). A componente qualitativa do inquérito Babies Born Better: análise preliminar às respostas portuguesas com recurso ao MaxQDA. In 6º Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa. (pp. 422-430).: UNIFOR.
2016 Capítulo de livro Pintassilgo, S. (2016). Condições do nascimento e indicadores de saúde materna em Portugal. In Vanessa Cunha, Duarte Vilar, Karin Wall, João Lavinha, Paulo Trigo Pereira (Ed.), A(s) Problemática(s) da Natalidade em Portugal: uma questão social, económica e política. (pp. 153-159). Lisboa: Imprensa de Ciências Sociais.
2016 Publicação em atas de evento científico Pintassilgo, S. (2016). Evolução da mortalidade materna em Portugal. In Maria Filomena Mendes, Jorge Malheiros, Susana Clemente, Maria Isabel Baptista, Sónia Pintassilgo, Filipe Ribeiro, Lídia P. Tomé, Stella Bettencourt da Câmara (Ed.), Atas do V Congresso Português de Demografia. (pp. 66-83). Lisboa: Associação Portuguesa de Demografia.
2015 Publicação em atas de evento científico Saint-Maurice, A. & Pintassilgo, S. (2015). Comparação de Perfis de Fecundidade em duas populações culturalmente distintas: Portuguesa e Cabo-Verdiana residente em Portugal. In Maria da Conceição Pereira Ramos, Natália Ramos, Ana Isabel Silva (Ed.), VII Congresso Internacional A vez e a voz das mulheres migrantes em Portugal e na diáspora : mobilidades, tempos e espaços. Porto: Universidade Aberta. CEMRI.
Outputs (Outros)

Não foram encontrados registos.

Ficheiros do projeto

Não foram encontrados registos.

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos projetos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados para este projeto. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.

Laboratório de Estudos Sociais sobre Nascimento
2017-12-30
--