Lista de Projetos

Esta é a lista de projetos disponíveis no sistema. Para saber mais detalhes sobre um projeto clique no seu nome ou imagem. Também pode procurar por um determinado projeto na caixa de pesquisa em baixo.



According to the last WESO report, there are over 1.4bn workers in vulnerable jobs worldwide, with numbers expected to rise in 2020 due to COVID-19. Several attempts have been made at both domestic and international levels to address these concerns. This includes efforts through the Sustainable Development Goals process, which includes a specific statistical indicator to measure informal employment (8.3.1), the formulation of SDG8 (decent work) and SDG9 (sustainable industrialization). Across countries and world regions, the degree to which SDGs have been used to address youth issues and inform national policies varies significantly. Indeed, in spite of the fact that the great majority of states have formally committed to addressing the SDGs, including those related to insecure employment, there is little evidence to indicate that developing regions currently have the capacity to systematically study the problems if informal employment and vulnerability in ways that facilitate the development and implementation of concrete viable solutions. This is due, in our view, to two major challenges. First, although a number of approaches that have been used inside the EU, there has been little, if any, attempt to adapt the existing framework elsewhere. Second, no systematic review of anti-precariousness policy has been attempted beyond the EU region. LABOUR is a research and training programme designed to address the above-mentioned shortfalls of research and development approaches with particular attention to a region where this is particularly worrying concern. Informal employment in Asia is estimated to account for 68.2% of the active population. By gathering a team of 14 participants that includes academic and non-academic partners working on labour insecurity, we aim not only at producing specialists on the topic and on the region but also at proposing concrete mitigation measures that can be taken into account by decision-makers and development organisa...
Informação do Projeto
2021-10-21
2025-10-20
Parceiros do Projeto
O universo do estudo Práticas Leitorais dos Mediadores de Leitura é constituído pelos professores do ensino básico e secundário, os professores bibliotecários da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) e os bibliotecários das bibliotecas públicas da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas (RNBP) na sua relação com os diversos públicos - crianças, jovens e adultos. A metodologia é mista sequencial, qualitativa – quantitativa.  O estudo realiza-se no âmbito do Plano Nacional de Leitura 2027.
Informação do Projeto
2021-10-01
2022-09-30
Parceiros do Projeto
O objetivo é o de consolidar o trabalho conjunto entre universidades da Comunidade de Países de Língua Portuguesa no âmbito da investigação e ensino na área da Ação Humanitária. Pretende-se ainda reforçar o conhecimento sobre a cooperação entre África e a União Europeia nesta área, articulando os trabalhos do seminário com os desenvolvimentos no âmbito da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia, incluindo o impacto do COVID-19 na resposta humanitária.
Informação do Projeto
2021-06-01
2021-11-30
Parceiros do Projeto
O principal foco do projeto incide na monitorização das atividades de partilha não autorizada de ficheiros, vulgo pirataria digital, com conteúdos provenientes de detentores de direitos do setor da imprensa nacional – jornais e revistas. Pensando na sustentabilidade do setor da imprensa importa perceber, por exemplo, quais os títulos distribuídos em redes informais de partilha bem como os formatos e volumes desta circulação alternativa, mas também quem são os distribuidores primários e potenciais leitores. Para um melhor mapeamento destas redes de distribuição e suas dinâmicas serão mobilizadas metodologias mistas, quantitativas e qualitativas, e alicerçadas em ferramentas de análise de redes sociais online (nomeadamente: Crimson Hexagon, Netvizz, Google Trends, etc.) que permitiram identificar, de forma transversal e longitudinal, os conteúdos não autorizados e redes de difusão de conteúdos não pagos. O objetivo central é para além de uma melhor perceção do fenómeno, a construção de uma estimativa mais clara do peso desta economia informal no todo do ecossistema mediático nacional. O projeto pretende ainda com esse diagnóstico e melhor compreensão contribuir para a prevenção da disseminação não autorizada de conteúdos digitais. Como nota ética saliente-se a anonimização dos dados pessoais dos participantes dos grupos.  Este projeto é desenvolvido em colaboração com a Visapress.
Informação do Projeto
2021-05-01
2023-12-31
Parceiros do Projeto