Lista de Projetos

Esta é a lista de projetos disponíveis no sistema. Para saber mais detalhes sobre um projeto clique no seu nome ou imagem. Também pode procurar por um determinado projeto na caixa de pesquisa em baixo.


Limpar pesquisa

A crise global do COVID-19 desencadeou grandes mudanças nas sociedades em todo o mundo, perturbando a forma como vivemos e conduzimos os negócios. Em toda a Europa, as medidas e restrições impostas devido à pandemia levaram a mudanças repentinas em muitos paradigmas, abrindo caminho para novos modelos de negócios e de operação no mercado. Essa rutura dramática acelerou algumas tendências socioeconómicas, que eram visíveis antes da crise do COVID-19, como a adoção de tecnologias sofisticadas e soluções de dados para facilitar modelos de operação centrados no ser humano, inteligentes e sustentáveis; a incorporação da sustentabilidade e da mitigação das alterações climáticas como princípios não negociáveis​​de operar e fazer negócios e, por último, mas não menos importante, confiar em soluções inteligentes baseadas em dados para orientar a tomada de decisão com otimização do desempenho comercial e da sustentabilidade. A indústria do turismo é um dos setores económicos globais que sofreu o impacto mais severo da pandemia COVID-19, o que está associado à sua desaceleração económica. Dados da Organização Mundial do Turismo das Nações Unidas (UNWTO) confirmam que a crise atual é responsável por uma queda global nas receitas de exportação de 750-900 biliões de euros e uma perda de empregos diretos estimada entre 100 e 200 milhões. Com a queda dos lucros e a incerteza da retoma de uma estabilidade nos mercados, está em risco a recuperação para breve das pequenas e médias empresas (PMEs) que, segundo a UNWTO, são responsáveis por 80% do turismo global. Com a perda de receitas e, consequentemente, a fuga de talentos para outros setores económicos, as PMEs do turismo têm de levar a cabo a retoma com recursos limitados. Através da conceção de uma solução tecnológica dinâmica (plataforma) para transferência de conhecimento e troca de experiências disponibilizada a uma rede de clusters de PME do turismo em seis países, este projeto irá demonstrar como a digitalização pode aceler...
Informação do Projeto
2022-01-02
2024-06-30
Parceiros do Projeto
An international network of researchers is working with policymakers and the business sector to better understand how the water-energy-food Nexus fosters policy coherence in the domains of water, energy and food, supporting the transition towards a circular and low-carbon economy in Europe. Focus is on job creation, enhancing wellbeing and care for the environment. The Nexus concept is tested at different scales (i.e. local, regional, national, European), while the international dimension is explored through the involvement of international proposers. More Nexus-compliant practices are foreseen through a knowledge sharing hub at European level and beyond. Public-private initiatives pave the path for Nexus compliant practices, building on network members’ advice. NEXUSNET will deliver examples of nexus compliant decision making, and recommendations to best achieve them, to come-up with an overview of Good Nexus Practices in Europe (policy coherence, Nexus-compliant practices and more coherent nexus evaluations). Transdisciplinary approaches are adopted to test Nexus compliant practices with the involvement of relevant stakeholders, while interaction and engagement with current and finished Nexus-related projects will be pursued. Academic Nexus knowledge will be translated into practical and applicable knowledge for the private sector or policy makers. A series of intense knowledge transfer and dissemination actions are planned to ensure that the network will have a significant impact in Europe and beyond.
Informação do Projeto
2021-09-22
2025-09-21
Parceiros do Projeto
Este projeto tem como objetivo atender às necessidades de educação para a cidadania da UE de todos os alunos das escolas parceiras com idades entre 14-18; serão elaborados materiais escritos, na forma de conteúdos; definidos processos de ensino e de aprendizagem, e; metodologias de avaliação, que irão constituir o “PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA DA UE”. O número de alunos que afirmam conhecer os seus direitos de cidadania da UE é de 30%, mas com os estudos do Clube Europeu da Juventude e Cultura e aplicação móvel criados pelo projeto, pretende-se aumentar em 40% o número de alunos que afirmam ter informações sobre a cultura comum europeia. O âmbito e objetivo deste projeto requer a cooperação transnacional de diferentes escolas e universidades da Europa.
Informação do Projeto
2021-06-01
2023-05-31
O Projeto Athena visa o desenvolvimento de competências digitais dos docentes universitários, reforçando a sua resposta aos desafios que as universidades enfrentam atualmente e no futuro. O projeto procura fomentar ambientes de aprendizagem cooperativa, tornando-os transformadores e inclusivos através da adoção de novas tecnologias, como e-learning, plataformas de jogos, realidade virtual e aumentada, modelados sistematicamente para ativar competências-chave na aprendizagem digital. O projeto irá criar modelos que os docentes podem adotar e adaptar às suas aulas, utilizando diferentes abordagens pedagógicas.
Informação do Projeto
2021-03-01
2023-02-28
Parceiros do Projeto
Desde suas origens até a explosão relativa da investigação em equipas na psicologia aplicada e comportamento organizacional, surgiram vários avanços nos métodos usados para estudar a dinâmica das equipas (Mathieu et al., 2018). É necessário um paradigma capaz de capturar a natureza complexa e dinâmica do novo padrão das equipas de trabalho de modo avançar no entendimento do fenómeno (Mathieu et al., 2008). Uma vez que os indivíduos trabalham em equipas, a dinâmica social está em causa, criando propriedades emergentes que se inter-relacionam com os processos das equipas, tendo impacto no desempenho das equipas (Waller et al., 2016). Uma perspetiva transversal ou uma medição simples não são suficientes para capturar um processo tão complexo (Humphrey & Aime, 2014). Processos complexos exigem métodos de pesquisa complexos (Boist & McKelvey, 2011). As equipas de investigação não podem continuar a ignorar tais complexidades, arriscando o seu desenvolvimento e avanços futuros. A avaliação das evidências de validade dos instrumentos ao nível das equipas é realizada principalmente por meio de procedimentos projetados para medidas ao nível do indivíduo. No entanto, o estudo de instrumentos ao nível das equipas deve incluir a possível desigualdade na estrutura nos níveis inter- e intra- e também deve considerar informações sobre a capacidade dos itens instrumentos para diferenciar grupos (Bliese et al., 2019). Este projeto baseia-se nas propostas mais recentes da teoria multinível, mensuração e evidências de validade. O primeiro objetivo é adaptar construtos multinível, ou seja, construtos que emergem das interações entre indivíduos, mas que existem em ambos os níveis (equipa e sujeito). O segundo objetivo diz respeito à avaliação e adaptação de construtos de equipa emergentes, que podem ser diferentes na sua natureza (Mathieu & Luciano, 2019) e também em sua mensuração (Jebb et al., 2019). O último objetivo é avaliar as evidências de validade longitudinal dos con...
Informação do Projeto
2021-01-01
2021-06-30
Parceiros do Projeto