Lista de Projetos

Esta é a lista de projetos disponíveis no sistema. Para saber mais detalhes sobre um projeto clique no seu nome ou imagem. Também pode procurar por um determinado projeto na caixa de pesquisa em baixo.


Limpar pesquisa

Desde suas origens até a explosão relativa da investigação em equipas na psicologia aplicada e comportamento organizacional, surgiram vários avanços nos métodos usados para estudar a dinâmica das equipas (Mathieu et al., 2018). É necessário um paradigma capaz de capturar a natureza complexa e dinâmica do novo padrão das equipas de trabalho de modo avançar no entendimento do fenómeno (Mathieu et al., 2008). Uma vez que os indivíduos trabalham em equipas, a dinâmica social está em causa, criando propriedades emergentes que se inter-relacionam com os processos das equipas, tendo impacto no desempenho das equipas (Waller et al., 2016). Uma perspetiva transversal ou uma medição simples não são suficientes para capturar um processo tão complexo (Humphrey & Aime, 2014). Processos complexos exigem métodos de pesquisa complexos (Boist & McKelvey, 2011). As equipas de investigação não podem continuar a ignorar tais complexidades, arriscando o seu desenvolvimento e avanços futuros. A avaliação das evidências de validade dos instrumentos ao nível das equipas é realizada principalmente por meio de procedimentos projetados para medidas ao nível do indivíduo. No entanto, o estudo de instrumentos ao nível das equipas deve incluir a possível desigualdade na estrutura nos níveis inter- e intra- e também deve considerar informações sobre a capacidade dos itens instrumentos para diferenciar grupos (Bliese et al., 2019). Este projeto baseia-se nas propostas mais recentes da teoria multinível, mensuração e evidências de validade. O primeiro objetivo é adaptar construtos multinível, ou seja, construtos que emergem das interações entre indivíduos, mas que existem em ambos os níveis (equipa e sujeito). O segundo objetivo diz respeito à avaliação e adaptação de construtos de equipa emergentes, que podem ser diferentes na sua natureza (Mathieu & Luciano, 2019) e também em sua mensuração (Jebb et al., 2019). O último objetivo é avaliar as evidências de validade longitudinal dos con...
Informação do Projeto
2021-01-01
2021-06-30
Parceiros do Projeto
Over the last decades, social and emotional learning (SEL) has been increasingly acknowledged to impact on competency areas such as self-awareness, self-management, social awareness, relationships skills, and responsible decision-making. Mindfulness training is a multimodal intervention informed by the principles of positive psychology, with a central focus on skills that enable more effective coping and stress reduction. The application of mindfulness-based practices (MBP) has been strengthened by the results of evaluation studies that typically report on the positive effectiveness of MBP in terms of SEL. In parallel, research results show that exposure to natural environments arouses positive emotions and stress recovery, and improves compliance to mindfulness training, making it more effective. As such, the role of nature in the workplace is receiving increased attention, and existing theory and research suggest that nature contact can be considered as a workplace strategy for reducing stress, while at the same time enhancing performance and overall well-being. Therefore, Mindfulness-in Nature-based practices (MiNBP) joins together the healing effect of nature and the distressful effect of MBP, with greater benefits. It is therefore essential for company’s managers to understand how MiNBP has the potential to benefit their staff towards a systematic approach to SEL, in particular when considering the perspective of the five-competency-area framework. 
Informação do Projeto
2020-12-01
2022-11-30
Informação do Projeto
2020-11-01
2021-10-31
O projeto tem por objetivo desenvolver a base científica para gerar modelos, processos e novas metodologias de avaliação integral de impacto nas dimensões social, económica, ambiental e cultural tomando, por base, a matriz IMP aplicada a um fundo de empreendedorismo social da SCML.
Informação do Projeto
2020-08-19
2021-12-31
Parceiros do Projeto
O projecto, desenvolvido em colaboração com as agências públicas portuguesas IAPMEI e AICEP, pretende contribuir para a melhoria da gestão dos incentivos ao investimento empresarial, recorrendo a várias abordagens de aprendizagem automática que permitem identificar níveis de risco operacional e estratégico dos projectos, nas fases de análise de candidaturas e de verificação de pedidos de pagamento. O projecto deverá resultar na produção de scorings de risco que possam auxiliar as actividades de análise e verificação na gestão dos incentivos. Os principais tipos de risco a analisar incluem: • Risco de anulação do projecto (antes ou depois do contrato, por iniciativa do promotor ou das autoridades públicas) • Risco de devolução de incentivo (por anulação do projecto, incumprimento do contrato, não certificação de adiantamento, inconformidade da despesa ou outros motivos) • Risco de não-utilização do incentivo aprovado • Risco de inclusão de despesas inelegíveis (nos pedidos de adiantamentos contra-factura, na certificação pagamentos intercalares ou nos pedidos de reembolso) • Não cumprimento das metas contratualizadas
Informação do Projeto
2020-02-01
2021-12-31
Parceiros do Projeto