Ciência-IUL    Publicações    Descrição Detalhada da Publicação    Exportar

Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Morais, R., Andrade, C. C., Bernardes, S. F. & Pereira, C. R. (2015). Escalas de medida da percepção da qualidade do ambiente hospitalar: um estudo em unidades de dor. Psicologia: Teoria e Pesquisa. 31 (3), 381-388
Exportar Referência (IEEE)
R. M. Brites et al.,  "Escalas de medida da percepção da qualidade do ambiente hospitalar: um estudo em unidades de dor", in Psicologia: Teoria e Pesquisa, vol. 31, no. 3, pp. 381-388, 2015
Exportar BibTeX
@article{brites2015_1660593672943,
	author = "Morais, R. and Andrade, C. C. and Bernardes, S. F. and Pereira, C. R.",
	title = "Escalas de medida da percepção da qualidade do ambiente hospitalar: um estudo em unidades de dor",
	journal = "Psicologia: Teoria e Pesquisa",
	year = "2015",
	volume = "31",
	number = "3",
	doi = "10.1590/0102-37722015031906381388",
	pages = "381-388",
	url = "http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722015000300381&lng=pt&tlng=pt"
}
Exportar RIS
TY  - JOUR
TI  - Escalas de medida da percepção da qualidade do ambiente hospitalar: um estudo em unidades de dor
T2  - Psicologia: Teoria e Pesquisa
VL  - 31
IS  - 3
AU  - Morais, R.
AU  - Andrade, C. C.
AU  - Bernardes, S. F.
AU  - Pereira, C. R.
PY  - 2015
SP  - 381-388
SN  - 0102-3772
DO  - 10.1590/0102-37722015031906381388
UR  - http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722015000300381&lng=pt&tlng=pt
AB  - Este estudo desenvolve e valida duas escalas de medida da percepção da qualidade do ambiente hospitalar: físico e sócio-funcional. Participaram 122 utilizadores de Unidades de Dor Portuguesas. Os resultados de Análises Fatoriais Confirmatórias atestam a validade fatorial da escala de percepção de qualidade do ambiente físico composta por cinco fatores: Conforto físico-espacial, Orientação, Tranquilidade, Vista e iluminação e Temperatura e qualidade do ar; e da escala de percepção de qualidade do ambiente sócio-funcional composta por dois fatores: Relações sociais e organizacionais e Privacidade. Sendo a qualidade do ambiente hospitalar um importante fator para o bem-estar, a demonstração da validade fatorial dessas escalas é útil para o estudo e promoção da qualidade de ambientes hospitalares saudáveis.
ER  -