Artigo em revista científica
A abordagem da velha economia institucional na investigação em contabilidade e controlo de gestão: contributos teóricos
Ana Ferreira (Ferreira, A.); José Rodrigues (Rodrigues, J.);
Título Revista
Revista Iberoamericana de Contabilidad de Gestión
Ano
2012
Língua
Português
País
Espanha
Mais Informação
Abstract/Resumo
A investigação em contabilidade e controlo de gestão tem sido desenvolvida à luz de três paradigmas teóricos, a saber: positivista, interpretativo e crítico. Este artigo aborda a teoria institucional enquanto teoria social usada pela perspectiva teórica interpretativa para estudar a contabilidade. Para além de reunir um conjunto de contributos teóricos, este artigo tem como objectivos apresentar a Velha Economia Institucional e o framework teórico de Burns e Scapens (2000) como enquadramentos teóricos para a investigação em contabilidade e controlo de gestão. São também sistematizadas as suas principais limitações e identificadas oportunidades para a realização de novos trabalhos de investigação na contabilidade. Os resultados obtidos mostram que a Velha Economia Institucional tem proliferado na investigação em contabilidade e controlo de gestão, em particular, a partir da década de 80. Não obstante, e como qualquer outra teoria, a Velha Economia Institucional apresenta limitações que sistematizamos neste artigo. O estudo conclui que a evolução da Velha Economia Institucional, no estudo da contabilidade, está dependente da capacidade dos investigadores em aceitarem investigar e desenvolver as limitações e insuficiências referenciadas, procurando, por um lado, desenvolver a teoria e, por outro, teorizar aquilo que os práticos fazem.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Investigação em contabilidade e controlo de gestão,Teoria institucional,Velha economia institucional,Estudo da mudança da contabilidade