Capítulo de livro
A Terceira Via do New Labour: o fim da dicotomia esquerda-direita ou uma visão alternativa sobre o ideário político-ideológico?
Ana Maria Belchior (Belchior, Ana Maria); Luís Filipe Clara Salvador (Luís Filipe Salvador);
Título Livro
A distinção política esquerda-direita: A problemática da sua validade e actualidade
Ano
2012
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
--
Abstract/Resumo
A dimensão esquerda-direita, enquanto conceito político, é uma abstracção utilizada para resumir a posição dos actores políticos por referência a questões políticas relevantes. Trata-se da simplificação de uma realidade complexa. Nas últimas décadas tem-se assistido a uma discussão persistente e mais ou menos manifesta sobre a prevalência ou não da relevância desta dimensão para interpretar posições políticas. Para muitos, direita e esquerda são agora conceitos sem significado, numa sociedade cada vez mais complexa onde as inúmeras razões de oposição política já não são passíveis de colocação à direita ou à esquerda. Surgiram novos problemas que estão na origem de movimentos e partidos políticos cuja inserção no esquema tradicional da polarização ideológica se torna difícil, como é o caso dos movimentos ecologistas. Nesta discussão, têm surgido diversas propostas políticas, ideológicas ou programáticas, que apontam para a necessidade de reformar o campo ideológico tradicional. De entre estas salientamos o contributo da Terceira Via. Esta é uma expressão que pode assumir significados e encarnações diversos, sendo por vezes, por essa razão, designada no plural. Não obstante a multiplicidade de acepções, sobressai neste projecto de reforma da social-democracia um padrão no que respeita ao programa político, e que pretende ser uma superação da dicotomia ideológica tradicional. O New Labour, que decorreu da governação de Tony Blair entre 1997 e 2007, é considerado o projecto mais emblemático desta reforma da social-democracia. É, por isso, sobre este que incide em última análise o presente texto. Não é, no entanto, o propósito analisar crítica e aprofundadamente este partido e governação, mas apenas sistematizar descritivamente os seus pontos de vista mais emblemáticos, sob a óptica da subsistência ou não da dicotomia esquerda-direita tradicional. Procurando contribuir para o debate do fim da ideologia, o presente texto sistematiza primeiro a discussão da tese do apaziguamento ideológico no que respeita ao esvaziamento do conteúdo de esquerda e direita como conceitos antagónicos, em seguida apresenta as respectivas contra-teses nas quais se enquadra a Terceira Via social-democrata e, do ponto de vista aplicado, o projecto governativo britânico do New Labour.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave