Comunicação em evento científico
As atividades e serviços offline/online nos museus nacionais e as avaliações e sugestões dos públicos
Título Evento
X Congresso Português de Sociologia
Ano
2018
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
--
Abstract/Resumo
Os públicos são atores centrais das instituições culturais em geral, e dos museus em particular, e constituem um importante fator de legitimação da sua existência. Ganha assim relevo procurar conhecer, de uma forma articulada, quais as atividades desenvolvidas e os serviços disponíveis, por um lado, e as avaliações dos públicos, por outro. Na sociedade em rede isso inclui as vertentes offline e online. Nesta comunicação avançamos perspetivas analíticas que visam contribuir para tal conhecimento por via da resposta a perguntas tais como: quais as atividades e os serviços - dos museus nacionais dirigidos aos públicos? Que avaliações deles fazem os públicos? Quais os fatores suscetíveis de contribuir para entender o sentido das avaliações feitas? Que opiniões e sugestões fazem? Para a discussão das referidas questões articulamos as atividades e serviços dos museus, avaliações quantitativas e opiniões qualitativas dos públicos. A base empírica é o estudo promovido pela Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) em 14 museus nacionais em 2015. O instrumento de recolha de informação sobre os públicos é o inquérito por questionário em plataforma informática cujo trabalho de terreno decorreu em permanência ao longo de 2015. O universo é constituído pelos públicos das atividades expositivas, com 15 e mais anos, nacionais e estrangeiros. A base da análise é uma amostra de 13.852 questionários representativa do universo.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Públicos de museus,Museus nacionais,Atividades e serviços,Avaliações,Sugestões dos públicos
Projetos Relacionados

Esta publicação é um output do(s) seguinte(s) projeto(s):