Artigo em revista científica Q4
As configurações político-administrativas e a selecção de dirigentes: o caso da administração pública portuguesa
César Madureira (Madureira, C.); David Ferraz (Ferraz, D.);
Título Revista
Sociologia, Problemas e Práticas
Ano
2010
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Scopus

N.º de citações: 0

(Última verificação: 2020-08-04 14:02)

Ver o registo na Scopus

Abstract/Resumo
Advoga-se crescentemente que os modelos híbridos se constituem como a melhor configuração político-administrativa, uma vez que conciliam os valores da confiança, do mérito e da neutralidade. Esta conjugação de valores ganha especial relevo quando aplicada aos métodos utilizados para a selecção dos dirigentes da administração pública. Com efeito, são estes métodos que vão, em larga medida, contribuir para a caracterização dos diferentes tipos de configurações político-administrativas. Tendo como cenário este contexto, este artigo procura explorar o modelo de configuração político-administrativa existente em Portugal, ensaiando identificar as idiossincrasias que não permitem ainda classificá-lo como modelo híbrido, mas apontando pistas no sentido de promover um aperfeiçoamento do mesmo, assim como dos métodos de selecção dos dirigentes públicos.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Configurações político-administrativas,Selecção de dirigentes,Confiança política (trust),Mérito,Profissionalização
  • Sociologia - Ciências Sociais
  • Outras Ciências Sociais - Ciências Sociais