Artigo em revista científica
As redes sociais de apoio na transição para a parentalidade
Ana Rosa Pinto (Pinto, A. R.); Alcides A. Monteiro (Monteiro, A. A.);
Título Revista
Sociologia On Line
Ano
2018
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Abstract/Resumo
Tomando como referência o cenário de diminuição dos nascimentos verificado em Portugal,vários autores têm assinalado a importância das redes sociais de apoio como incentivo à natalidade efonte de auxílio na transição para a parentalidade. Neste estudo analisa-se a relação entre a identifica-ção e utilização de redes sociais de apoio pelos pais e o papel destas redes na transição para a parentali-dade. Conclui-se que a existência de redes sociais de apoio não determina nem condiciona a decisãodas famílias em ter filhos, mas o apoio que recebem das mesmas, designadamente da rede informal, érelevante para facilitar o processo de transição.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Natalidade,Parentalidade,Transição,Redes sociais
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
UID/SOC/03126/2013 Fundação para a Ciência e a Tecnologia