Editor de livro
Da austeridade à pandemia: Portugal e a Europa entre as crises e as inovações
André Freire (Freire, A.); Guya Accornero (Accornero, G.); Viriato Queiroga (Queiroga, V.); Maria Asensio (Asensio, M.); Helena Belchior Rocha (Belchior-Rocha, H.); José Santana Pereira (Santana Pereira, J.);
Web of Science®

Esta publicação não está indexada na Web of Science®

Scopus

Esta publicação não está indexada na Scopus

Google Scholar

Esta publicação não está indexada no Google Scholar

Abstract/Resumo
Na última década, Portugal e a Europa têm enfrentado profundas crises económicas e sociais, impactando o panorama político de muitos países, afetados pelos efeitos de longo prazo da crise de 2008, das medidas de austeridade (a Grande Recessão), e, mais recentemente, da crise pandémica de covid-19 e os seus efeitos sociais e políticos. Porém, esta área regional também tem sido caracterizada por espaços de recuperação e inovações sociais e políticas. Para discutir a consequência da Grande Recessão e da pandemia da covid-19 e tentar encontrar respostas para estas questões, através da inclusão de vários olhares disciplinares (nomeadamente da ciência política, das políticas públicas, do serviço social e da sociologia), especialmente no que toca às inovações sociais e políticas, os membros do grupo de investigação 'Política e Cidadania', do CIES-Iscte, foram convidados para uma conferência realizada no Iscte – Instituto Universitário de Lisboa nos dias 17 e 18 de junho de 2021 e, posteriormente, para elaboração deste livro. O livro está organizado em quatro partes, com as Crises e Inovações vistas pelo serviço social (I), pelas políticas públicas (II), pela sociologia (III) e pela ciência política (IV). Este livro contribui, assim, com uma análise mais aprofundada e rica, de cariz multidisciplinar, sobre as crises (Grande Recessão e covid-19) e inovações em Portugal e na Europa.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave