Comunicação em evento científico
Educação Bilingue (português- cabo-verdiano): políticas linguísticas e educativas de Portugal a Cabo Verde
Ana Josefa Cardoso (Ana Josefa Cardoso); Ana Raquel Matias (Matias, A.R.);
Título Evento
III Congresso Internacional Cooperação e Educação (COOPEDU) Cidadania Global
Ano
2016
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Abstract/Resumo
O projeto Turma Bilingue no 1º ciclo (Vale da Amoreira 2008-12, ILTEC, F.Gulbenkian) foi pioneiro no ensino público português. Além do ensino de e em cabo-verdiano e português, desenvolveu-se a consciência linguística implícita e explícita e atitudes linguísticas positivas, envolvendo famílias e a comunidade escolar. O projeto Si ka fila tudu, ta fila un pónta. Uma experiência de Educação Bilingue iniciou em 2013-14 no 1º ciclo em Cabo Verde, enquadrado num doutoramento sobre a introdução da educação bilingue em cabo-verdiano e português, apoiado pelo Ministério da Educação e Desporto. Os resultados das duas intervenções longitudinais revestem-se de especial pertinência dada a persistência no ensino monolingue tradicional do insucesso escolar de alunos de língua materna não portuguesa. Focando na escala macro das investigações em curso, identificaremos as dinâmicas socio-históricas dos dois países e a evolução das políticas educativas relacionadas com a diversidade linguística: ensino do Português Língua Não Materna (Portugal) e Português Língua Segunda (Cabo Verde). Seguidamente, cruzaremos as tendências identificadas com o impacto das duas intervenções, e as medidas educativas em contexto de mudança político-económica. Numa abordagem sociológica e linguística, pretende-se contribuir para o debate sobre políticas de reconhecimento da diversidade linguística nos dois países.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Bilinguismo; Políticas Linguísticas; Educação; Descendentes de imigrantes; Cabo Verde
Projetos Relacionados