Artigo em revista científica
Educação de adultos: a ideologia conta
Luís Capucha (Capucha, L.);
Título Revista
Fórum Sociológico
Ano
2018
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Abstract/Resumo
Em países como Portugal e Espanha uma das dimensões mais marcantes da desigualdade escolar é geracional. Há uma diferença marcada entre os níveis de escolaridade das gerações jovens e os das mais velhas, cujas consequências são, por várias razões, nocivas. Após a apresentação de um quadro genérico da situação nos dois países, defende-se neste artigo, com recurso a uma análise aprofundada do caso português, que essas desigualdades escolares só podem ser superadas com um forte investimento em políticas de educação de adultos, cuja prioridade é determinada por fatores de ordem ideológica. O modo como nasceu, se desenvolveu e terminou a Iniciativa Novas Oportunidades (INO) fornece um bom plano de observação para a sustentação desta ideia. De facto, esse programa terminou por razões de ordem estritamente ideológica, ficando o país desprovido de qualquer política de educação de adultos, e terminando assim o processo de recuperação dos indicadores educativos da população adulta que se registavam.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Educação de adultos,Equidade educativa,Ideologia,Mercado de trabalho
  • Sociologia - Ciências Sociais
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
UID/SOC/03126/2013 Fundação para a Ciência e a Tecnologia