Capítulo de livro
Educação
Sandra Mateus (Mateus, S.);
Título Livro
O Estado da Nação e as Políticas Públicas 2020. Valorizar as Políticas Públicas
Ano
2020
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Abstract/Resumo
A experiência escolar da maioria dos decisores, dirigentes escolares e docentes em exercício neste momento em Portugal obedeceu a imperativos de homogeneização. A mesma aula, ensinada com o mesmo método, a começar à mesma hora, numa sala organizada da mesma forma, para estudantes considerados iguais. Estamos, em 2020, longe deste cenário. Mas quão longe? As abordagens pedagógicas tradicionais, do currículo enciclopedista, que enfatizam a memorização, onde a aprendizagem é um exercício passivo, ainda são predominantes e têm mostrado bem os seus limites. A política de autonomia e flexibilidade curricular dos ensinos básico e secundário, lançada pelo XXI Governo Constitucional, em regime de experiência pedagógica no ano letivo de 2017/2018 e, mais tarde, em 2018 e 2019, generalizada através de decreto-lei e portaria específica , é uma constelação de medidas que conferem maior flexibilidade e territorialização nos processos de ensino-aprendizagem. Vem abrir espaço a pressupostos e práticas diferentes e a uma rotura com o “mito da homogeneidade” dos estilos e ritmos de aprendizagem dos estudantes, tendo por base a colaboração.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Educação