Periódico generalista
Entrevista: A Renamo “parece ter-se reinventado nos últimos anos, com um apoio popular cada vez mais crescente e até em zonas historicamente hostis
Xénia de Carvalho (Carvalho, X.);
Título Revista/Livro/Outro
e-Global Notícias em Português
Ano
2018
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Web of Science®

Esta publicação não está indexada na Web of Science®

Scopus

Esta publicação não está indexada na Scopus

Google Scholar

Esta publicação não está indexada no Google Scholar

Abstract/Resumo
Em entrevista, Edgar Barroso, investigador da associação moçambicana Bloco 4 Foundation, e que se tem vindo a dedicar à pesquisa sobre processos políticos e de governação no país, falou sobre as eleições autárquicas que irão decorrer em outubro próximo, orientadas por um novo modelo legislativo sobre a descentralização do poder, a "desfragmentação" da terceira força política moçambicana, o MDM, e o reforço da Renamo como partido de oposição à Frelimo, partido este que lidera o destino do país desde a independência em 1975.
Agradecimentos/Acknowledgements
Nº registo ERC - 126796
Palavras-chave
Moçambique,eleições autárquicas,Guerra Civil,Renamo,Frelimo
  • Ciências da Comunicação - Ciências Sociais
  • Antropologia - Ciências Sociais

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.