Artigo em revista científica Q4
Ethnic minorities’ and immigrants’ therapeutic (non)adherence: what is the role of social and cultural contexts?
Susana Mourão (Mourão, S.); Sónia F. Bernardes (Bernardes, S.F.);
Título Revista
Análise Psicológica
Ano
2014
Língua
Inglês
País
Portugal
Mais Informação
Scopus

N.º de citações: 4

(Última verificação: 2020-04-04 04:44)

Ver o registo na Scopus

Abstract/Resumo
Immigrants and ethnic minorities have been identified as vulnerable groups in health, in general, and in what concerns therapeutic non-adherence (TA) in particular; i.e., (not)following health-care providers’ therapeutic recommendations. The general aim of this paper is presenting a literature review of immigrants’/ethnic minorities’ TA determinants. We will start by highlighting the reasons as to why immigrants’/ethnic minorities’ therapeutic (non)adherence should be a topic of concern. Then, we will present a review of the main determinants of immigrants’/ethnic minorities’TA, at different levels of analysis (e.g., broad structural level; social and community networks; material and social conditions) and emphasize that non-adherence among immigrants/ethnic minorities is mostly non-intentional, seeing as how it is associated with issues such as: low socio-economic conditions, language barriers and cultural mismatches. Finally, we will highlight the role of health-care providers in tackling this health-related problem and reflect about the importance of promoting development and training of health-care providers’ multicultural abilities. Os imigrantes e as minorias étnicas têm sido identificados como grupos vulneráveis na área da saúde, em geral, e no que diz respeito à (não)adesão terapêutica, em particular, i.e., (não)seguimento das recomendações dos profissionais de saúde. O objetivo geral deste artigo é o de apresentar uma revisão de literatura sobre os determinantes da (não)adesão terapêutica de imigrantes e minorias étnicas. Inicialmente, destacar-se-ão os motivos pelos quais a (não)adesão terapêutica de imigrantes/minorias étnicas poderá ser considerada como um tema relevante. Seguidamente, apresentar-se-á uma revisão sobre os principais determinantes da (não)adesão de imigrantes/minorias étnicas, em diferentes níveis de análise (e.g., estrutural; redes sociais e comunitárias; condições materiais e sociais) e destacar-se-á que a não-adesão entre os imigrantes/minorias étnicas é sobretudo não-intencional, por se encontrar associada a questões como: condições socioeconómicas desfavoráveis, barreiras linguísticas, desen contros culturais. Finalmente, salientar-se-á o papel dos profissionais de saúde na resolução deste problema relacionado com a saúde e reflectir-se-á sobre a importância de promover o desenvolvimento e a formação de competências multiculturais por estes profissionais.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Therapeutic adherence,Determinants of (non)adherence,Immigrants,Ethnic minorities,Adesão terapêutica,Determinantes de (não)adesão,Imigrantes,Minorias étnicas
  • Psicologia - Ciências Sociais
  • Ciências da Educação - Ciências Sociais

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.