Artigo em revista científica
Exclusão social e acesso ao emprego: paralelas que podem convergir
Luís Capucha (Capucha, Luís);
Título Revista
Sociedade e Trabalho
Ano
1998
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
--
Abstract/Resumo
As sociedades desenvolvidas vêm-se confrontadas, nos nossos dias, com uma nova questão social relativa à exclusão profissional de sectores significativos da população. Postas às margem do sistema produtivo, as pessoas atingidas pelo fenómeno tendem a acumular desvantagens e a ver-se excluídas da possibilidade de participar na vida em sociedade e de direitos de cidadania elementares. No presente artigo procura-se analisar os principais factores materiais e simbólicos, de ordem societal e de ordem pessoal, associados à produção das situações de exclusão, para de seguida se abordar a forma como eles convergem de maneiras diversas configurando diferentes tipos de desfavorecimento no acesso ao emprego. Num quadro geral de grande escassez de oportunidades de inserção profissional, identificou-se um tipo de situação em que o maior obstáculo é constituído por um handicap específico das pessoas, outro em que predominam as fracas qualificações e capacidades, um terceiro em que sobressai a acomodação a círculos de pobreza instalada e, finalmente, um quarto que engloba a adopção de modos de vida marginais. A verificação desta diversidade constitui um elemento importante para a concepção de medidas de política e de intervenções que, para serem eficientes, devem ser adaptáveis a cada situação concreta. Uma breve abordagem da questão das políticas revela que existe em Portugal um hiato entre o quadro jurídico e institucional e as práticas reais. Se é preciso desenvolver o primeiro, é prioritário fazer com que as segundas elevem os padrões de qualidade, principalmente na área da formação especial e do apoio ao emprego.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave