Comunicação em evento científico
Gestores que resistem à gestão
Sofia Lai Amândio (Amândio, S.);
Título Evento
Workshop de Investigação CIES-IUL
Ano
2015
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
--
Abstract/Resumo
E se a ideologia do management - tantas vezes tida como a bête noir das sociedades individualistas - fosse combatida a partir do interior da própria indústria da gestão, pelos Professores das Business Schools e pelos gestores que criam o seu ideário no seio das consultoras? Gestores relutantes, ou mesmo desertores, são estes os principais autores da agenda de investigação ‘Critical Management Studies - (CMS)’, que denunciam as tentativas de humanização dos ciclos do pensamento gestionário, firmadas no valor da satisfação, e culminando, na realidade, num oximoro. Este paper pretende, assim, discutir casos concretos de jovens resistentes, diplomados em gestão pelas Business Schools de Lisboa, e que configuram percursos profissionais dissonantes, pautados recorrentemente por momentos de “crises disposicionais” (Lahire, 2010). Estes retratos socioprofissionais são revelados à luz dos CMS.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Critical management studies,percursos profissionais,sociologia da gestão,crises disposicionais