Comunicação em evento científico
Jornalismo de Cinema Português: O caso da cobertura aos filmes Diamantino, Variações, Herdade e Vitalina Varela
Jaime Lourenço (Lourenço, J.); Maria João Centeno (Centeno, Maria João);
Título Evento
XIII Jornadas Cinema em Português
Ano
2020
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Abstract/Resumo
No âmbito da investigação de doutoramento “Jornalismo de Cinema em Portugal”, financiada pela FCT, procuramos conhecer as características da cobertura jornalística aos filmes portugueses Diamantino, Variações, A Herdade e Vitalina Varela. O Jornalismo de Cinema constitui um objecto de estudo ainda por explorar pelas ciências sociais e da comunicação. Encarado como um subgénero do Jornalismo Cultural, o Jornalismo de Cinema assume-se como um campo de sentido informativo, crítico e pedagógico. A presente investigação procura, a partir da análise de conteúdo aos artigos dos principais órgãos de comunicação social portugueses (Público, Correio da Manhã, Jornal de Notícias, Diário de Notícias, Expresso e Observador), programas de rádio (Cinemax e A Grande Ilusão) e televisão (Janela Indiscreta, Cinebox e Cartaz Cinema) especializados em cinema, identificar as características da cobertura mediática ao cinema português, especificamente quatro filmes estreados em 2019: Diamantino de Gabriel Abrantes, Variações de João Maia, A Herdade de Tiago Guedes e Vitalina Varela de Pedro Costa. Desta forma, propomos analisar a cobertura jornalística destes filmes, destacando o enfoque, os géneros jornalísticos dominantes, os protagonistas destacados e o âmbito em que o filme é mencionado.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Jornalismo de Cinema,Cinema Português,Cobertura Jornalística