Artigo em revista científica
Macau: uma ponte para os países de língua portuguesa
Cátia Miriam Costa (Costa, C. M.);
Título Revista
Janus: Anuário de relações exteriores
Ano
2021
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Web of Science®

Esta publicação não está indexada na Web of Science®

Scopus

Esta publicação não está indexada na Scopus

Google Scholar

N.º de citações: 0

(Última verificação: 2022-08-08 08:03)

Ver o registo no Google Scholar

Abstract/Resumo
No ano em que se completam os vinte anos sobre a transição de soberania de Macau, importa refletir sobre os novos papéis daquela Região Administrativa Especial da República Popular da China. Macau sofreu grandes transformações nestas duas últimas décadas. A mais conhecida de todas foi indubitavelmente o crescimento do setor do jogo e a proliferação de casinos por todo o território da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM). Macau lidera em valor absoluto os lucros obtidos com o jogo e é a região do mundo em que o jogo ocupa a maior percentagem do seu rendimento per capita. Contudo, o crescimento do sector dos casinos envolveu o desenvolvimento de outras atividades, como a construção civil, a atividade imobliária e o surgimento da necessidade de oferta de novos serviços.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Política,Política interna,Portugal,Macau
  • Sociologia - Ciências Sociais
  • Ciências Políticas - Ciências Sociais
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
UIDB/03122/2020 Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.