Artigo em revista científica Q2
Measuring monetary policy deviations from the Taylor rule
João Madeira (Madeira, J.); Nuno Palma (Palma, N.);
Título Revista
Economics Letters
Ano (publicação definitiva)
2018
Língua
Inglês
País
Estados Unidos da América
Mais Informação
Web of Science®

N.º de citações: 3

(Última verificação: 2024-02-27 16:20)

Ver o registo na Web of Science®


: 0.3
Scopus

N.º de citações: 2

(Última verificação: 2024-02-27 09:04)

Ver o registo na Scopus


: 0.2
Google Scholar

N.º de citações: 11

(Última verificação: 2024-02-25 05:55)

Ver o registo no Google Scholar

Abstract/Resumo
We estimate deviations of the federal funds rate from the Taylor rule by taking into account the endogeneity of output and inflation to changes in interest rates. We do this by simulating the paths of these variables through a DSGE model using the estimated time series for the exogenous processes except for monetary shocks. We then show that taking the endogeneity of output and inflation into account can make a significant quantitative difference (which can exceed 40 basis points) when calculating the appropriate value of interest rates according to the Taylor rule.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Interest rates,New Keynesian models,Sticky prices,DSGE,Business cycles,Bayesian estimation
  • Economia e Gestão - Ciências Sociais

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.