Artigo em revista científica Q3
Mobility and spatial planning in the lisbon metropolitan area
Sofia Santos (Santos, S.);
Título Revista
Finisterra – Revista Portuguesa de Geografia
Ano
2017
Língua
Inglês
País
Portugal
Mais Informação
Web of Science®

N.º de citações: 1

(Última verificação: 2020-02-19 06:39)

Ver o registo na Web of Science®

Scopus

N.º de citações: 1

(Última verificação: 2020-02-18 17:13)

Ver o registo na Scopus

Abstract/Resumo
People's daily mobility and commuting patterns are differentiated by sociodemographic features. It relates to place as structure (spatial organization) and to public policy (spatial planning). Between urban structure and people's traveling behaviours, spatial public policy should be called to reduce social inequality and to promote more just territories. This concerns the process of planning as well as its outcomes. Accessibility and conflict are important questions to be approached in both. The paper examines the importance of social issues in the design of the Lisbon Metropolitan Area's (LMA) policies on mobility and spatial planning. It continues to be a peripheral matter, despite some change at the discursive level. We begin by discussing how spatial justice and social inequalities can be central to mobility and spatial planning. Secondly, the general European and national policy background is presented. Finally, some fundamental trends of LMA mobility statistics are outlined followed by a critical reading of municipal and supramunicipal mobility related policies.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Mobility,Inequality,Spatial planning,Lisbon Metropolitan Area
  • Ciências da Terra e do Ambiente - Ciências Naturais
  • Geografia Económica e Social - Ciências Sociais
Prémios
Melhor artigo 2017 Finisterra Revista Portuguesa de Geografia - menção honrosa
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
PTDC/ATP-EUR/5023/2012 Fundação para a Ciência e a Tecnologia
UID/SOC/03126/2013 Fundação para a Ciência e a Tecnologia
SFRH/BD/71997/2010 Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.