Artigo em revista científica Q2
Moving beyond disrespect and abuse: addressing the structural dimensions of obstetric violence
Michelle Sadler (Sadler, M.); Mário JDS Santos (Santos, M. J.); Dolores Ruiz-Berdún (Ruiz-Berdún, D.); Gonzalo Leiva Rojas (Rojas, G. L.); Elena Skoko (Skoko, E.); Patricia Gillen (Gillen, P.); Jette A. Clausen (Clausen, J. A.); et al.
Título Revista
Reproductive Health Matters
Ano
2016
Língua
Inglês
País
Países Baixos (Holanda)
Mais Informação
Web of Science®

N.º de citações: 51

(Última verificação: 2020-02-20 17:11)

Ver o registo na Web of Science®

Scopus

N.º de citações: 55

(Última verificação: 2020-02-19 19:28)

Ver o registo na Scopus

Abstract/Resumo
During recent decades, a growing and preoccupying excess of medical interventions during childbirth, even in physiological and uncomplicated births, together with a concerning spread of abusive and disrespectful practices towards women during childbirth across the world, have been reported. Despite research and policy-making to address these problems, changing childbirth practices has proved to be difficult. We argue that the excessive rates of medical interventions and disrespect towards women during childbirth should be analysed as a consequence of structural violence, and that the concept of obstetric violence, as it is being used in Latin American childbirth activism and legal documents, might prove to be a useful tool for addressing structural violence in maternity care such as high intervention rates, non-consented care, disrespect and other abusive practices.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Human rights in childbirth,Non-evidence-based practice,Medicalisation,Violence against women,Structural violence
  • Medicina Clínica - Ciências Médicas
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
CGA-IS1405-3 COST Action
FONIS SA13120259 Comisión Nacional de Investigación Científica y Tecnológica
UID/SOC/03126/2013 Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.