Artigo em revista científica Q3
Música na era do streaming: curadoria e descoberta musical no Spotify
Pedro Henrique Moschetta (Moschetta, P. H.); Jorge Vieira (Vieira, J.);
Título Revista
Sociologia
Ano
2018
Língua
Português
País
Brasil
Mais Informação
Scopus

N.º de citações: 0

(Última verificação: 2019-06-15 12:16)

Ver o registo na Scopus

Abstract/Resumo
Serviços de streaming facilitam o consumo e a descoberta de músicas gravadas ao oferecer acesso irrestrito e sob demanda a uma gigantesca coleção musical a partir de qualquer dispositivo online, em qualquer hora ou local. A curadoria, feita por humanos e/ou máquinas, tem o papel de filtrar, selecionar e guiar a experiência de consumo, sendo uma forma de lidar com a abundância e superacessibilidade de conteúdo. Após pesquisa realizada com 20 usuários do Spotify, combinando entrevistas e análise de dados, os resultados mostram que a facilidade de acesso incentiva a descoberta de novas músicas, tornando a experiência de consumo mais diversificada e fragmentada, e demonstram o papel fundamental das playlists como principal forma de descoberta e coleção musical. O estudo revela ainda que a curadoria algorítmica, apesar de ser constantemente aprimorada, não substitui a curadoria humana devido à sua maior previsibilidade e imprecisão.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Consumo,Música,Streaming,Curadoria,Descoberta
  • Sociologia - Ciências Sociais
  • Ciências da Comunicação - Ciências Sociais
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
UID/SOC/03126/2013 Fundação para a Ciência e a Tecnologia