Artigo sem avaliação científica
O papel das universidades
Título Revista
Para que serve a sociologia?
Ano
2017
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Scopus

N.º de citações: 3

(Última verificação: 2020-12-02 21:24)

Ver o registo na Scopus

Abstract/Resumo
O vigor da proposta RBI resulta do vigor do activismo académico na defesa dessa ideia vaga, que precisa ser concretizada. Os hábitos académicos, de ponderação inacabada e sempre aberta, não se coadunam com a necessidade de tornar o RBI num processo político pragmático. Há que jogar o jogo da política. O RBI não é um modelo de sociedade. Não concorre com as ideologias. É um modelo de negócio contra o ócio social. Todos passarão a ter o suficiente para viver e, portanto, devem preocupar-se sobre como viver uma melhor vida possível. Para isso, presume-se que as pessoas deixarão de fazer aquilo a que são obrigadas e passam a fazer aquilo que lhes parece mais útil. Passarão a assumir o princípio da subsidiariedade nas suas próprias mãos. Quer dizer, milhões de pequenos problemas que atrapalham o nosso quotidiano tenderão a desaparecer. Pela simples razão de que a liberdade conquistada exige, espontaneamente, responsabilidade, orientação para a vida. Com excepções, certamente. Mas não tantas quantas as que se verificam actualmente.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
universidade,estado,rbi
  • Ciências Físicas - Ciências Naturais