Comunicação em evento científico
O urbano, esse terreno controverso. Inovação e preconceito na antropologia de língua portuguesa
Graça Índias Cordeiro (Cordeiro, Graça Índias);
Título Evento
Seminario Internacional
Ano
2017
Língua
Português
País
Brasil
Mais Informação
--
Abstract/Resumo
Tomando como ponto de partida a história «oficial» da antropologia urbana, cujo principal foco de difusão se localizou nos EUA a partir de finais dos anos 1960 e cuja tradição é marcadamente anglo-saxónica (veja-se etnografia urbana da Escola de Chicago e as inovações teórico-metodológicas da Escola de Manchester (UK), proponho-me refletir sobre o modo como as antropologias urbanas de dois países lusófonos, Brasil e Portugal, se relacionaram de forma contrastante com esta tradição e entre si…. Enquanto a institucionalização da antropologia urbana americana é sensivelmente contemporânea da institucionalização da antropologia urbana brasileira, cuja mútua influência produziu impactos recíprocos (Cordeiro, 2015; 2001), já a antropologia urbana portuguesa deverá esperar pelo final dos anos 90 para surgir como uma das linhas de investigação reconhecidas academicamente devido, em parte, às relações próximas com a antropologia espanhola, em parte à aproximação (tardia) com a antropologia brasileira. Na realidade, e apesar da proximidade linguística, pode-se afirmar que não há qualquer paralelismo entre as antropologias urbanas brasileira e portuguesa, antes parece haver uma inversão, pois enquanto no Brasil as cidades se constituíram, desde cedo, como terrenos inovadores de referência para a produção antropológica, já em Portugal estas foram durante muito tempo encaradas com suspeição, desvalorizando o seu interesse para a reflexão antropológica sobre o país, durante muito tempo centrada nas comunidades rurais. A apresentação tem como objetivo lançar questões em torno do encontro e desencontro entre ambas as histórias disciplinares nacionais, valorizando o papel que certas instituições e indivíduos particulares tiveram na criação de pontes – e pontos de encontro – entre os dois países.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
antropologia urbana,lingua portuguesa,Brasil,Portugal
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
Convenio FCT/CAPES 2015-16 --