Publicação em atas de evento científico
Plágio e outras fraudes académicas na perspetiva dos docentes
Madalena Ramos (Ramos, M.); César Morais (Morais, C.);
Atas do X Congresso Português de Sociologia: Na era da “pós-verdade”? Esfera pública, cidadania e qualidade da democracia no Portugal contemporâneo
Ano
2018
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Abstract/Resumo
As perceções e práticas dos docentes do ensino superior quando confrontados com situações de plágio ou de outras fraudes por parte dos seus discentes determinam, em grande medida, o sucesso das políticas institucionais de combate à fraude académica. Essas políticas e a ação docente nesse âmbito enfrentam atualmente grandes desafios, não só porque a expansão do sistema de ensino superior necessariamente multiplicou a incidência de práticas fraudulentas, mas também porque a evolução das tecnologias de comunicação e de informação, assim como a generalização e facilidade de acesso à internet, lhes deram novos contornos e maior sofisticação. Esta comunicação tem por objetivo apresentar e discutir alguns resultados de um estudo que principia por determinar o tipo de práticas que os docentes do ensino superior percecionam como fraudulentas, para depois averiguar qual a seriação de gravidade que delas fazem, os fatores que consideram inibi-las e quais as medidas que empreendem nessas situações. Este estudo avalia igualmente se essas perceções e práticas se distinguem de acordo com o género ou a idade dos docentes ou se divergem consoante a maior, ou menor, familiaridade com os procedimentos adotados na sua instituição de ensino. Trata-se de um estudo de caso efetuado no ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), com recurso à aplicação de um inquérito por questionário.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Ensino superior,fraude académica,Plágio,Perceções e práticas de docentes
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
UID/SOC/03126/2013 Fundação para a Ciência e a Tecnologia