Publicação em atas de evento científico
Políticas de ensino da língua Portuguesa para imigrantes adultos em Portugal: Institucionalização e desafios
Nuno Oliveira (Oliveira, N.); Ana Raquel Matias (Matias, A. R.); Alejandra Ortiz (Ortiz, A.);
IX Congresso Português de Sociologia: Portugal, território de territórios
Ano (publicação definitiva)
2016
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Web of Science®

Esta publicação não está indexada na Web of Science®

Scopus

Esta publicação não está indexada na Scopus

Google Scholar

N.º de citações: 1

(Última verificação: 2024-04-10 02:25)

Ver o registo no Google Scholar

Abstract/Resumo
Este artigo examina as políticas oficiais do ensino da língua portuguesa para imigrantes adultos e o lugar aqueles com pouca ou nenhuma escolaridade no seu âmbito. Partindo de uma criteriosa análise dos programas de Português para Falantes de Outras Línguas implementados em Portugal, e de trabalho exploratório de terreno junto a formadores e responsáveis pelos programas, o artigo analisa criticamente dois pressupostos da institucionalização destes programas. Por um lado, o pouco representativo peso demográfico dos imigrantes adultos com pouca ou nenhuma escolaridade; por outro, a suposta homogeneidade dos imigrantes adultos em termos de necessidades de aprendizagem na língua oficial do país de acolhimento. Mostrando como ao longo do processo de implementação dos programas de Português para Falantes de Outras Línguas as necessidades específicas deste grupo não têm sido acauteladas, o artigo sugere que muitas destas lacunas têm sido supridas por estratégias informais dos actores implicados. Conclui com a necessidade de repensar estratégias de implementação do tipo “one size fits all”.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Imigrantes,Literacia,Português para falantes de outras línguas,Políticas da língua
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
UID/SOC/03126/2013 Fundação para a Ciência e Tecnologia