Artigo em revista científica
Portugal e o Brasil entre a ascensão do Indo-Pacífico e a eventual queda do Atlântico
Bruno Reis (Reis, B. C.);
Título Revista
Nação e Defesa
Ano
2020
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Web of Science®

Esta publicação não está indexada na Web of Science®

Scopus

Esta publicação não está indexada na Scopus

Google Scholar

Esta publicação não está indexada no Google Scholar

Títulos Alternativos

(Inglês) Portugal and Brazil between the rise of the Indo-Pacific and the eventual fall of the Atlantic

Abstract/Resumo
O impacto da pandemia da Covid-19 foi visto por alguns, já inclinados a subscrever esta ideia, como a confirmação do inevitável colapso das potências do Atlântico Norte e da ascensão ir-resistível das potências do Indo-Pacífico. Será realmente assim? E se sim, quais as implicações para Portugal e o Brasil? Este artigo tem como objetivo avaliar até que ponto as mudanças na política, na economia, e na segurança global das últimas décadas afetaram a centralidade das po-tências do Atlântico, em particular do Atlântico Norte, num sistema político global e globalizado em cuja construção estas últimas tiveram um pa-pel fundamental nos últimos séculos. O artigo defende que o que temos, para já, é um suave declínio relativo do peso global do Atlân-tico Norte face à ascensão da China e outras po-tências asiáticas. Porém, também reconhece que o Ocidente, e sobretudo a União Europeia e a OTAN, têm algumas vulnerabilidades e podem entrar em colapso. Apontamos para algumas das consequências prováveis destes dados para os interesses e as prioridades de Portugal e do Brasil, assim como para as respetivas relações bilaterais, sublinhando que não há ganhos nem perdas automáticas ou garantidas na política in-ternacional.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Portugal,Brasil,Atlântico Norte,Indo-Pacífico,OTAN,China,Covid-19