Artigo em revista científica Q4
Prematuridade, funções executivas e qualidade dos cuidados parentais: revisão sistemática de literatura
Patrícia von Doellinger (von Doellinger, P.); Isabel Soares (Soares, I.); Adriana Sampaio (Sampaio, A.); Ana R. Mesquita (Mesquita, A. R.); Joana Baptista (Baptista, J.);
Título Revista
Psicologia: Teoria e Pesquisa
Ano
2017
Língua
Português
País
Brasil
Mais Informação
Scopus

N.º de citações: 0

(Última verificação: 2020-02-17 09:36)

Ver o registo na Scopus

Abstract/Resumo
Este artigo de revisão visa contextualizar o desenvolvimento das funções executivas (FE) em crianças prematuras, com especial atenção para o efeito dos cuidados parentais. As principais bases eletrônicas foram utilizadas para essa revisão: 31 estudos originais, duas meta-análises, uma meta-síntese e dois artigos de revisão foram identificados. Concluiu-se que as crianças prematuras têm maior risco de disfunção executiva global, sendo a qualidade dos cuidados parentais fundamentais para a modulação das FE, nomeadamente no que concerne às variáveis socioemocionais da interação, como a sensibilidadematerna. Salientam-se ainda as principais limitações dos estudos analisados e apontam-se recomendações para futura investigação sobre os efeitos dos cuidados parentais no desenvolvimento de FE em crianças prematuras.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Nascimento prematuro,Função executiva,Práticas de criação infantil,Relações pais-criança,Córtex pré-frontal
  • Psicologia - Ciências Sociais

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.