Capítulo de livro
Resultados PISA e desenvolvimento económico de diversos países
Isabel Flores (Flores, I.); Ana Sousa Ferreira (Sousa Ferreira, A.; Ferreira, A. S. );
Título Livro
Estado da Educação 2014
Ano
2015
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
--
Abstract/Resumo
O projeto aqEDUto: Avaliação, Qualidade e Equidade na Educação2 tem como propósito construir um quadro explicativo sobre avaliação, qualidade e equidade em educação, baseado em investigação comparada a partir das bases de dados dos alunos portugueses que participaram nos sucessivos ciclos de testes PISA. Pretende-se contribuir para uma matriz de conhecimento sobre o sistema, discriminando e sistematizando os fatores que se relacionam com os resultados PISA, nomeadamente os fatores responsáveis pela evolução positiva verificada em Portugal no período 2000-2012. O estudo tem como objetivo responder à pergunta principal De que forma podemos explicar a variação dos resultados dos alunos portugueses nos testes PISA? considerando três eixos fundamentais: (i) os alunos, i.e., alterações na condição social, económica, cultural, comportamental e motivacional dos alunos e das famílias; (ii) as escolas, i.e., mudanças na organização escolar; e (iii) o país, i.e., variações nas condições económicas a nível macro do país. É no âmbito do terceiro eixo que a contribuição que se publica nesta edição do Estado da Educação se enquadra, mobilizando, nesta fase, além dos resultados PISA, informação sobre evolução económica e social de Portugal e de outros países, recorrendo a indicadores como o Produto Interno Bruto (PIB) e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Tem-se como ponto de partida a reconhecida evolução positiva dos resultados de Portugal nos diferentes ciclos PISA3, registando-se uma subida sustentada em todos os domínios avaliados (Figura 1.1.1.), com destaque para a Matemática, domínio em que a subida foi muito acentuada (de um score médio de 454 pontos, em 2000, para 487 pontos, em 2012). Nesta primeira etapa, o estudo centra-se na análise comparada entre qualidade da educação (medida por scores PISA) e desenvolvimento económico. Procura-se, deste modo, dar resposta à questão: A evolução dos resultados obtidos pelos alunos portugueses é melhor que a evolução do desenvolvimento do país?
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave