Comunicação em evento científico
Um olhar sociológico sobre a praxe académica
José Pedro Silva (Silva, José Pedro.); João Mineiro (Mineiro, João.); João Miguel Teixeira Lopes (Lopes, J.M.T.); João Sebastião (Sebastião, João); Elísio Estanque (Estanque, E.);
Título Evento
X Congresso Português de Sociologia
Ano
2018
Língua
Português
País
--
Mais Informação
--
Abstract/Resumo
A praxe académica é um fenómeno social complexo e multidimensional, com raízes históricas antigas mas permanentemente reinventado. Dele fazem parte um conjunto de práticas ritualizadas através das quais, anualmente, os estudantes mais velhos recebem a maior parte dos novos alunos das suas instituições ou cursos. Neste sentido, a praxe académica pode ser analisada, ainda que de forma incompleta, enquanto um ritual de iniciação e passagem, através do qual os recém-chegados ao grupo são transformados em membros de pleno direito após um processo que implica a sua morte simbólica, um período liminar e a ressurreição com uma nova identidade. Este tipo de ritual implica a sujeição dos mais novos a um conjunto de testes e jogos impostos pelos mais velhos de acordo com uma lógica de poder assente na antiguidade. Lógica de poder essa dotada de uma forte componente simbólica, isto é, eficaz porque capaz de se apresentar como natural e legítima, tornando-se assim invisível aos olhos de quem submete. São comuns manifestações de violência física, psicológica e simbólica de grau variável. Baseando-se num estudo mais alargado sobre a praxe académica em Portugal e tendo como suporte dados obtidos a partir de trabalho de campo realizado em seis distritos do país, esta comunicação irá caracterizar os rituais de praxe. Mostrar-se-á que, apesar da diversidade de práticas que caracterizam esta realidade e das variações existentes entre cursos e instituições, existem vários traços transversais aos diversos tipos de praxes que foi possível observar, o que lhes confere unidade. Assim, veremos que estas atuam como mecanismos de socialização, comunicando valores e inculcando disposições. Para além disso, mostraremos que elas contribuem de forma decisiva para a construção de uma ideia de identidade coletiva dos estudantes, promovendo a construção de grupos diferenciados e marcando fronteiras vincadas face a quem se encontra no seu exterior, ao mesmo tempo que geram uma estrutura de posições diferenciadas entre os elementos desses grupos.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Tipo de Relatório
--
Palavras-chave