Brincar violencia_PTDC/PSI-PSO/099985/2008
Brincar com a violência: dessensibilização emocional, empatia e comportamento de ajuda face a vítimas de violência
Descrição

O presente projecto de investigação pretendeu avaliar algumas questões teóricas e metodológicas na área de investigação da violência nos videojogos através da integração da contribuição de diferentes linhas de investigação. A nível teórico, o Modelo Geral da Agressão é considerado uma abordagem adequada, e integra várias teorias anteriores da agressão. Os autores expandiram o modelo para explicar os efeitos de dessensibilização, sustentando que jogar jogos violentos (JV) pode dessensibilizar os indivíduos à violência, através de exposições a curto e a longo-prazo. No entanto, poucos estudos na área de investigação da violência dos media avaliaram os efeitos de jogar JVs na dessensibilização e os que investigaram apenas se basearam em indicadores fisiológicos de activação. Na nossa perspectiva, para que seja possível clarificar o fenómeno de dessensibilização emocional devemos integrar os resultados que advêm de abordagens teóricas das emoções. Com base no Modelo Circumplexo do Afecto, os nossos estudos prévios avaliaram as duas dimensões de emoção propostas (activação e valência) medindo as respostas de condutância da pele (SCR) (uma medida de activação) e usando medidas de auto-relato de activação e de valência. Em ambos os estudos verificámos que aqueles que jogaram o JV, por comparação com a condição de jogo não violento, sentiram menor desprazer perante imagens de violência da vida-real. Assim, na nossa perspectiva, a valência (a dimensão desprazer-prazer) mostrou ser relevante para explicar as respostas afectivas em relação à violência (i.e., dessensibilização emocional). A possibilidade de que estas respostas emocionais pudessem explicar a relação entre jogar JVs e a agressão foi posteriormente analisada. Verificámos que aqueles que sentiram menor desconforto com a violência da vida-real foram mais agressivos em relação a outra pessoa; esta dimensão mediou parcialmente o efeito de jogar um JV na agressão. Atendendo a esses resultados, considerámos que seria relevante continuar a avaliar ambas as dimensões das emoções. No actual projecto iremos usar em conjunto vários indicadores destas dimensões emocionais para medir a dessensibilização emocional, mediante o uso de índices fisiológicos (SCR, mas avaliar também a modulação do reflexo de alarme - startle), medidas de auto-relato, e indicadores comportamentais, tais como medidas de eye-tracking. A ideia de usar diferentes indicadores de emoções para medir o mesmo construto (neste caso, dessensibilização emocional) advém da maioria dos modelos da investigação sobre emoções. A maioria dos investigadores neste campo salientou a necessidade de obter informação adicional acerca do modo como os nossos sistemas emocionais reagem (afecto subjectivo, fisiológico e comportamento) quando somos expostos a estímulos afectivos. Por outro lado, será importante compreender em que medida jogar JVs pode reduzir as respostas empáticas e o comportamento de ajuda face a vítimas de violência em geral. Para este efeito, serão conduzidos três estudos principais. Em paralelo à relevância social da análise dos efeitos de jogar JVs nestas três variáveis dependentes (dessensibilização emocional, empatia e comportamento de ajuda), será teoricamente importante compreender a relação entre estes processos psicológicos e os resultados comportamentais. Para além destas contribuições sociais e teóricas, o nosso projecto também irá explorar novas questões metodológicas relativamente à avaliação da dessensibilização emocional usando outros potenciais indicadores fisiológicos e comportamentais, tais como a modulação do reflexo de alarme e medidas de eye tracking.

Parceiros Internos
Centro de Investigação Grupo de Investigação Papel no Projeto Data de Início Data de Fim
CIS-IUL Comportamento Emoção e Cognição Parceiro 2010-01-15 2013-07-14
Parceiros Externos

Não foram encontrados registos.

Equipa de Projeto
Nome Afiliação Papel no Projeto Data de Início Data de Fim
Patrícia Arriaga CIS-IUL [Comportamento Emoção e Cognição] Investigadora Responsável 2013-07-01 2013-07-14
Financiamentos do Projeto

Não foram encontrados registos.

Outputs (Publicações)
Ano Tipo de publicação Referência Completa
2018 Comunicação em evento científico Arriaga, P. (2018). "Jogar com os trunfos todos na mão”: Ferramentas de investigação e intervenção em Psicologia. V Simpósio “Olhares da Psicologia”.
2016 Capítulo de livro Arriaga, P., Dolf Zillmann & Esteves, F. (2016). The promotion of violence by the mainstream media of communication. In J. Vala, S. Waldzus, & M. Calheiros (Ed.), The Social Developmental Construction of Violence and Intergroup Conflict. (pp. 171-195). New York: Springer International Publishing.
2015 Artigo em revista científica Arriaga, P., Adrião, J. G., Madeira. F., Cavaleiro, I., Silva, A. M., Barahona, I....Esteves, F. (2015). A 'dry eye' for victims of violence: effects of playing a violent video game on pupillary dilation to victims and on aggressive behavior. Psychology of Violence. 5 (2), 199-208
2014 Comunicação em evento científico Arriaga, P. (2014). Prós e contras / Mulheres nos videojogos. Lisbon Game Conference: Welcome to the world of games.
2012 Comunicação em evento científico Arriaga, P., Esteves, F., Esteves, F., Adrião, J., Adrião, J. G., Madeira, F....Gaspar, M. (2012). Is it just a game? Emotional and Behavioural outcomes of gaming with violence. Inequality and Violence Workshop 2012: Development, Perpetuation and Change.
2011 Artigo em revista científica Arriaga, P., Monteiro, M. & Esteves, F. (2011). Effects of playing violent computer games on emotional desensitization and aggressive behavior. Journal of Applied Social Psychology. 41 (8), 1900-1925
2011 Capítulo de livro Arriaga, Patrícia , Esteves, F. & Gaspar, M. (2011). Playing with violence: An updated review on the effects of playing violent electronic games. In M. M. Cruz-Cunha, V. H. Carvalho, & P. Tavares (Ed.), Business, Technological and Social Dimensions of Computer Games: Multidisciplinary Developments. (pp. 271-292). Hershey, PA: IGI Global.
Outputs (Outros)

Não foram encontrados registos.

Ficheiros do projeto

Não foram encontrados registos.

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos projetos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados para este projeto. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.

Brincar com a violência: dessensibilização emocional, empatia e comportamento de ajuda face a vítimas de violência
2010-01-15
2013-07-14