Ciência-IUL    Publicações    Descrição Detalhada da Publicação    Exportar

Exportar Publicação

A publicação pode ser exportada nos seguintes formatos: referência da APA (American Psychological Association), referência do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), BibTeX e RIS.

Exportar Referência (APA)
Fernandes, D. (2019). Para um enquadramento teórico da avaliação formativa e da avaliação sumativa das aprendizagens escolares. In Maria Isabel Ramalho Ortigão - Domingos Fernandes - Talita Vidal Pereira - Leonor Santos  (Ed.), Avaliar para aprender em Portugal e no Brasil: Perspectivas teóricas, práticas e de desenvolvimento . (pp. 139-164). Curitiba: CRV.
Exportar Referência (IEEE)
D. M. Fernandes,  "Para um enquadramento teórico da avaliação formativa e da avaliação sumativa das aprendizagens escolares", in Avaliar para aprender em Portugal e no Brasil: Perspectivas teóricas, práticas e de desenvolvimento , Maria Isabel Ramalho Ortigão - Domingos Fernandes - Talita Vidal Pereira - Leonor Santos , Ed., Curitiba, CRV, 2019, pp. 139-164
Exportar BibTeX
@incollection{fernandes2019_1634327664828,
	author = "Fernandes, D.",
	title = "Para um enquadramento teórico da avaliação formativa e da avaliação sumativa das aprendizagens escolares",
	chapter = "",
	booktitle = "Avaliar para aprender em Portugal e no Brasil: Perspectivas teóricas, práticas e de desenvolvimento ",
	year = "2019",
	volume = "",
	series = "",
	edition = "",
	pages = "139-139",
	publisher = "CRV",
	address = "Curitiba"
}
Exportar RIS
TY  - CHAP
TI  - Para um enquadramento teórico da avaliação formativa e da avaliação sumativa das aprendizagens escolares
T2  - Avaliar para aprender em Portugal e no Brasil: Perspectivas teóricas, práticas e de desenvolvimento 
AU  - Fernandes, D.
PY  - 2019
SP  - 139-164
DO  - 10.24824/978854443463.5
CY  - Curitiba
AB  - A avaliação formativa e a avaliação sumativa continuam a ser conceitos estruturantes no âmbito chamada Avaliação das Aprendizagens cuja conceitualização tem evoluído desde a sua criação, em 1967, por Michael Scriven. Na verdade, a definição destes conceitos há cerca de meio século, pouco ou nada tem a ver com a sua definição atual. A construção teórica tem contribuído para a clarificação e consolidação destes dois conceitos-chave. No entanto, persiste ainda alguma confusão acerca da natureza, dos propósitos e das caraterísticas definidoras de cada uma daquelas modalidades de avaliação. Este texto foi pensado para discutir o enquadramento teórico da avaliação formativa e da avaliação sumativa, clarificar as suas definições e analisar as suas relações. Foram consultados uma diversidade de trabalhos produzidos, sensivelmente, nos últimos 30 anos. Verificou-se que houve assinaláveis progressos no domínio da construção teórica daqueles conceitos, das relações entre si e das suas conexões com as práticas pedagógicas e com as teorias da aprendizagem. Porém, a análise realizada mostrou que continua a ser necessário compreender melhor as relações entre as aprendizagens e as avaliações e muitos outros aspetos relevantes tais como as práticas dos professores e as suas relações com as disciplinas que lecionam.
ER  -