Artigo em revista científica
Água corrente (não) mata gente: caracterização do abastecimento de água, salubridade, cultivos e alimentação das dezasseis sedes de concelho da Área Metropolitana de Lisboa em 1940
Teresa Marat-Mendes (Marat-Mendes, T.); Joana Mourão (Mourão, J.); Patrícia Bento d'Almeida (Lima, P.); Samuel Niza (Niza, S.);
Título Revista
CIDADES, Comunidades e Territórios
Ano
2015
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Abstract/Resumo
O presente artigo promove uma análise das sedes de concelho no território correspondente à atual Área Metropolitana da Lisboa (AML) em 1940. As condições de abastecimento de água, saneamento e salubridade, cultivos e alimentação são analisadas para dezasseis sedes de concelho. É objetivo deste estudo promover uma caracterização visual detalhada dos elementos relacionados com a agricultura (usos do solo) e com a utilização da água (equipamentos e infraestruturas). Esta caracterização de fluxos de produtos agrícolas e da água surge da necessidade de facilitar a leitura visual do metabolismo urbano para a Área Metropolitana de Lisboa, conforme objetivo do projeto MEMO. A caraterização visual aqui proposta resulta da atualização de uma metodologia anteriormente aplicada no âmbito do projeto científico em desenvolvimento, para o mesmo território em 1900. Esta atualização metodológica resulta da introdução de uma articulação da caracterização qualitativa e da caracterização visual. É de particular interesse deste estudo a exposição da relação entre o uso da água, os cultivos e a estruturação do território, conseguida através do cruzamento de fontes cartográficas e de inquéritos de higiene rural, águas e esgotos, elaborados à época em análise.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Água,Área Metropolitana de Lisboa,1940,Cultivos,Elementos água
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
UID/SOC/03127/2013 Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.