Capítulo de livro
Classes sociais, valores e ação coletiva na Europa
Nuno Nunes (Nunes, N.);
Título Livro
Classes, Políticas e Culturas de Classe: Capital, Trabalho e Classes Intermédias
Ano
2012
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
--
Abstract/Resumo
A ação coletiva constitui um desafio e um problema sociológico central para a compreensão das sociedades contemporâneas. Até que ponto é possível compreender a complexidade dos fenómenos sociais da ação coletiva e dos movimentos sociais a partir da problemática das desigualdades sociais, nomeadamente das desigualdades de classes? Ancorando sobretudo na consolidada abordagem teórica e analítica da sociologia das classes sociais e da estratificação, que cumulativamente se amplia no estudo das desigualdades sociais contemporâneas, procura-se avaliar a relevância da classe social e dos valores na constituição de ação coletiva. Investigam-se as consequências das classes sociais na esfera cultural e o modo como elas incorporam valores suscetíveis de produzir dinâmicas de ação coletiva na Europa. Este é um contributo que se inscreve numa agenda das desigualdades sociais preocupada com as relações entre as classes sociais e a cidadania, com as interseções das classes com os seus contextos estruturais e culturais, atenta ao desenvolvimento de uma abordagem das desigualdades às escalas nacional e transnacional, e propondo novos indicadores que procurem explicar a complexidade das sociedades modernas. Ao nível meta-teórico, procuram-se compreender as relações entre a estrutura, a cultura e a ação coletiva, quando, num primeiro momento, são atualizadas as teorias das classes sociais quanto à sua capacidade de recobrir o problema da ação coletiva; de seguida, apresentam-se os fundamentos problemáticos e operatórios para a acuidade da análise de classes no estudo da ação coletiva; para, finalmente, no plano substantivo-empírico, entendermos de que modo os contextos culturais e os valores das classes se imbricam profusamente nas regularidades estruturais e culturais da ação coletiva no que diz respeito ao contexto europeu. Para uma adequada compreensão das relações entre a classe social, os valores e a ação coletiva na Europa, consideram-se as classes como lugares na estrutura social (lugares de classe) – categorias sociais em relação interdependente com os valores produzidos nos contextos estrutural e cultural –, e as classes como agregados significativos de dinâmicas sociais (classes de agentes), enquanto portadoras de valores (ou perfis cultu¬rais) mobilizáveis na ação coletiva. A partir da utilização de inquéritos internacionais como o “European Social Survey” - que constitui atualmente uma importante ferramenta sociológica e de conhecimento da própria Europa – a análise que aqui se ensaia desdobra-se, fundamentalmente, a dois níveis principais: o das classes de agentes e o dos contextos culturais, que se convocam para analisar a variação do indicador de práticas de ação coletiva (IPAC), medida que poderá enriquecer a análise de classes nas sociedades contemporâneas.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
class; values; collective action; Europe

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.