Capítulo de livro
Da Semente à Estrela: Variações sobre o tema da circularidade
Francisco Oneto (Nunes, Francisco Oneto);
Título Livro
Modos de Fazer
Ano
2020
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Abstract/Resumo
Escreveu Tim Ingold em 1991, no prefácio a um dos mais interessantes trabalhos de Antropologia Marítima dessa época que «... we should turn seawards to rediscover the continuities of the dwelt‑in world». Alargando o âmbito da referência ao mar e estendendo‑o à atmosfera e às estrelas, este texto identifica os domínios da água e da abóbada celeste enquanto protótipos culturais de circularidade. Para tanto, convoca a teoria autopoiética da Escola de Santiago, a Arqueologia Pré‑Histórica e os estudos paleoclimáticos, a Astronomia Cultural e a Etnografia. Este esboço exploratório beneficia do background crítico dos sucessivos momentos criativos da Antropologia das últimas décadas — fenomenologia, «ontological turn», «affective turn»... — e trata com um interesse especial algumas das ideias inovadoras da obra de Tim Ingold.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
protótipos culturais de circularidade,água,skyscape,ontologia política
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
UIDB/04059/2020 Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.