Artigo em revista científica
Desafios ao serviço social no contexto da COVID-19
Júlia Cardoso (Cardoso, J.); Duarte Vilar (Vilar, D.); Inês Casquilho-Martins (Casquilho-Martins, I.);
Título Revista
Intervenção Social
Ano (publicação definitiva)
2020
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Web of Science®

Esta publicação não está indexada na Web of Science®

Scopus

Esta publicação não está indexada na Scopus

Google Scholar

N.º de citações: 13

(Última verificação: 2024-04-14 10:34)

Ver o registo no Google Scholar

Abstract/Resumo
O contexto da atual pandemia COVID-19 tem conduzido a profundas alterações na vida dos cidadãos, nas organizações e na sociedade em geral. Os seus impactos ultrapassam as questões de saúde pública, apresentam fortes repercussões na vida social e exponenciam riscos ao desenvolvimento humano e social. Este relatório apresenta os resultados do estudo que teve como objetivo central analisar a intervenção do Serviço Social no contexto da COVID-19, sistematizando contributos para os desafios pós-pandemia. A investigação realizada é de natureza exploratória, privilegiando uma abordagem quantitativa e qualitativa que permitisse, através da experiência de assistentes sociais durante o atual período pandémico, identificar dificuldades, boas práticas e desafios futuros. Para o efeito, aplicou-se um inquérito online com perguntas fechadas e abertas, possibilitando a análise dos dados recolhidos e a sistematização dos resultados. Embora não se procure inferir os resultados, elaborou-se uma caracterização dos desafios colocados ao Serviço Social no contexto da COVID-19, que procura ser um contributo para os diferentes agentes de proteção social. As conclusões apontam para que, embora a maioria das/dos assistentes sociais tenham seguido as orientações das autoridades públicas, a ausência ou insuficiência de respostas adequadas e eficazes, a emergência de novos pedidos de apoio e o agravamento dos problemas marcou este período. As dificuldades foram agravadas pela escassez, suspensão ou redução de serviços sociais e de recursos disponíveis e, também, pela adoção de modalidades de teletrabalho em algumas áreas de intervenção. Apesar das dificuldades, as/os assistentes sociais e as equipas em que estão inseridas/os demonstraram capacidade de adaptação ao novo contexto, introduziram mudanças na organização dos serviços, recriaram e/ou ampliaram programas sociais, mantiveram a intervenção com pessoas e famílias ainda que através de meios de comunicação a distância, reforçaram o trabalho em rede e em parceria. A adaptação dos serviços e a gestão adequada da informação e dos recursos existentes permitiu manter o acompanhamento e apoio social aos cidadãos, podendo afirmar-se, de um modo geral, que apesar das dificuldades a pandemia constituiu um desafio que teve como resposta boas práticas de intervenção social. Face aos novos desafios que se apresentam, num período que se prevê perdurar e impactar a sociedade a médio e longo prazo, são apresentados contributos para melhoria das respostas sociais e do bem-estar dos cidadãos, quer no âmbito da intervenção social, quer no domínio das políticas sociais e organização das respostas sociais.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
COVID-19,Intervenção social,Risco social,Serviço social

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.