Comunicação em evento científico
Desigualdades sociais e bem-estar
Rosário Mauritti (Mauritti, R); Nuno Nunes (Nunes, N.); Maria do Carmo Botelho (Botelho, M.C.); Daniela Craveiro (Craveiro, D.);
Título Evento
DESIGUALDADES, AMBIENTE E BEM-ESTAR Perspetivas e análises a partir dos dados do ESS 2016
Ano
2018
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Abstract/Resumo
Apresentam-se alguns dados de uma pesquisa desenvolvida no âmbito do projeto QUESQ – A Qualidade do Estado em Questão (CIES-IUL), que tem como objetivo estudar os efeitos das desigualdades sociais no bem-estar dos europeus. Exploramos as desigualdades de bem-estar na Europa com base no modelo operatório de abordagem do Bem-Estar proposto pela OCDE Better life Index. Inspirados no modelo operatório proposto por Pierre Bourdieu (1979) para identificação dos parâmetros de estruturação das condições de vida, propõem-se a construção de um índice de «volume global de bem-estar» e um índice de «estrutura de bem estar» (considerando 9 dimensões de bem-estar definidas no modelo da OCDE. O aprofundamento analítico explora de forma teoricamente orientada as interconexões, plurais e multidimensionais, entre desigualdades (categoriais e distributivas) e bem-estar, numa perspetiva transnacional (entre indivíduos) e nacional (entre países). O estudo tem como principal fonte empírica os dados do European Social Survey 2016.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Desigualdades sociais,Bem-estar,Comparação europeia

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.