Artigo em revista científica
Estudo da auto-estima em crianças e adolescentes portugueses: impacto de factores sociais e pessoais
Tânia Gaspar (Gaspar, T.); José Pais Ribeiro (Ribeiro, J.); Margarida Gaspar de Matos (Matos, M. G.); Isabel Leal (Leal, I.); Aristides I. Ferreira (Ferreira, A.);
Título Revista
AMAzônica
Ano
2010
Língua
Português
País
Brasil
Mais Informação
Abstract/Resumo
O objectivo do presente trabalho visa o estudo da Auto-Estima Crianças e Adolescentes Portugueses e factores pessoais e sociais associados, através da adaptação e validação da Escala de Auto-Estima de Susan Harter e sua relação com outros instrumentos de avaliação. Um total de 3195 crianças e adolescentes do 5º e 7º anos de escolaridade, amostra representativa das cinco regiões do país. O resultado da consistência interna (Alpha de Cronbach) da escala foi 0,80. A Auto-Estima foi analisada em função do género, idade, estatuto socio-económico, sucesso escolar e por região do país, com utilização de ANOVAs. Foi realizada uma validade concorrente com variáveis relacionadas, nomeadamente: optimismo, satisfação com o suporte social e percepção subjectiva de saúde (qualidade de vida relacionada com a saúde - QVRS). Os resultados revelam que rapazes, crianças, alunos que pertencem a um ESE médio/ alto, que não têm doença crónica e sem retenção escolar revelam índices superiores de Auto-Estima. Conclui-se que o instrumento é adequado na medição e no aumento da compreensão da Auto-Estima e bem-estar subjectivo.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Auto-estima,Crianças,Adolescentes,Avaliação,Bem-estar