Artigo em revista científica
Extravasamento trabalho-família: quando é que as condições de trabalho contribuem para práticas maternas abusivas? = Extravasation work-family: when working conditions contribute to maternal abusive practices?
Maria Manuela Calheiros (Calheiros, M. M.); Maria Lima (Lima, M. L. ); Carla Sofia Silva (Silva, C.);
Título Revista
Aletheia
Ano
2012
Língua
Português
País
Brasil
Mais Informação
Abstract/Resumo
Na análise do equilíbrio trabalho-família, tem-se salientado o efeito de extravasamento (spillover). Neste estudo, realizado por entrevista semiestruturada a uma amostra de 102 mães portuguesas (incluindo 79 sinalizadas por mau trato e negligência), abordam-se os impactos da situação profissional das mães nas práticas parentais abusivas. Os resultados sugerem, como prevíamos, que a relação da situação profissional (estatuto e horas de trabalho) com a parentalidade abusiva não é directa, mas moderada por algumas variáveis psicossociais. Encontraram-se efeitos de extravasamento negativo para o mau trato materno em condições de fracos recursos pessoais percebidos e de insatisfação laboral; o extravasamento negativo para negligência materna ocorre apenas quando há pouco controlo percebido sobre a situação de trabalho ou atribuições internas de incapacidade. Por outro lado, o efeito de extravasamento pode ser positivo quando as mães atribuem os problemas laborais a factores externos (e.g., condições de trabalho).
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Trabalho-família,Maternidade abusiva,Factores de bem-estar,Work-family,Abusive maternity,Wellness factors

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.