Capítulo de livro
Introdução: percursos de investigação em saúde societal
Francisco Nunes (Nunes, F. G.); Cristina Camilo (Camilo, C.); Generosa do Nascimento (Nascimento, G.); Octavian Postolache (Postolache, O.);
Título Livro
Saúde Societal: Percursos de Investigação do Iscte
Ano (publicação definitiva)
2021
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Web of Science®

Esta publicação não está indexada na Web of Science®

Scopus

Esta publicação não está indexada na Scopus

Google Scholar

N.º de citações: 0

(Última verificação: 2024-05-13 21:30)

Ver o registo no Google Scholar

Abstract/Resumo
Como sugerem os estudiosos da bio‑arqueologia dos cuidados (Tilley e Cameron, 2014), a preocupação com a dispensa de cuidados de saúde a quem deles necessita, de forma não necessariamente igual para todos, acompanha a história do ser humano. Por exemplo, Tilley (2015) estudou o caso de Romito 2, um jovem sepultado na Grotta del Romito, na atual zona da Cantábria em Itália e que terá vivido entre os anos 11.000 e 12.500 BP. Este jovem viveu até aos 20 anos, apesar de sofrer de uma displasia acromesomélica, condição altamente incapacitante ao comprometer fortemente a mobilidade e o uso apropriado dos braços e mãos, o que impossibilita a participação deste indivíduo não só na principal fonte de subsistência da sua comunidade, a caça, como também na manufatura de artefactos ou na recolha de frutos ou madeira combustível, atividades menos exigentes e passíveis de serem realizadas por indivíduos fragilizados. Sem cuidados prestados por elementos de um grupo que luta diariamente por sobreviver, chegar a uma idade de 20 anos seria impossível. Como comenta Tilley (2015) “atender às necessidades de Romito 2 requeria a cooperação de todos os membros economicamente produtivos, o que sugere uma comunidade coesa detentora da predisposição, da flexibilidade intelectual e das capacidades de organização necessárias para gerir a exigência constante de recursos escassos” (p. 70). De então para cá, talvez exce‑ tuando a nossa inelutável condição de homo sapiens, tudo mudou na maioria das comunidades humanas e novas lentes são necessárias para apreender a realidade da saúde.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.