Publicação em atas de evento científico
Knowledge, beliefs and attitudes regarding sugar content of process foods
Marília Prada (Prada, M.); Margarida Garrido (Garrido, M. V.); C. A. Godinho (Godinho, C. A.); D. Rodrigues (Rodrigues, D.); D. Lopes (Lopes, D.);
MENU: Journal of Food and Hospitality Research. 3rd Cook and Health Conference
Ano
2019
Língua
Inglês
País
França
Mais Informação
Web of Science®

Esta publicação não está indexada na Web of Science®

Scopus

Esta publicação não está indexada na Scopus

Google Scholar

N.º de citações: 0

(Última verificação: 2022-06-25 13:10)

Ver o registo no Google Scholar

Abstract/Resumo
The excessive intake of simple sugars, those added to food by producers, cooks or consumers, increase energy in the absence of nutritional value, being associated with multiple health problems (e.g., overweight, periodontal diseases). Recent studies indicate the alarming prevalence of overweight and obesity in Portugal. In addition, more than 95% of the population exceeds the WHO recommended sugar limit (less than 10% of total daily energy intake), stressing the urgent need to address this problem. The results of an online survey conducted in Portugal (n = 1010) examining the eating habits and consumption of foods rich in simple sugars will be presented, namely data on how consumers process different types of nutritional information, their levels of knowledge about WHO recommendations, and the sugar content of processed foods (e.g., categorization of different sugar sources; maximum acceptable threshold levels for sugar). The results are relevant to understand the current problem of excessive intake of free sugars and develop interventions to address it.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Sugar intake,Knowledge,Beliefs
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
UID/PSI/03125/2013 Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.