Capítulo de livro
Mulheres na política portuguesa
Maria Antónia Pires de Almeida (Almeida, M. A. P. de);
Título Livro
Percursos feministas: desafiar os tempos
Ano
2015
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
--
Abstract/Resumo
A revolução de 25 de abril de 1974 alterou a participação das mulheres na política portuguesa. A partir de uma perspetiva histórica, este artigo oferece uma resenha da legislação e uma avaliação sociológica da classe política portuguesa com o objetivo de abordar a questão do género. Apesar do regime democrático estar quase a atingir as quatro décadas de existência, a realidade é que ainda se verifica uma sub-representação das mulheres nos cargos de representação política em Portugal. Em todos os níveis de governo avaliados as mulheres têm níveis mais altos de escolaridade e profissões com maior grau de especialização, especialmente nas áreas do ensino e da gestão. Os partidos mais à esquerda apresentam maior equidade de género.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
  • Psicologia - Ciências Sociais
  • Sociologia - Ciências Sociais
  • História e Arqueologia - Humanidades
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
UID/SOC/03126/2013 Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.