Comunicação em evento científico
Negro/a como sujeito político na arte contemporânea brasileira. O caso do coletivo Nega em Florianópolis
Paulo Raposo (Raposo, P.);
Título Evento
Seminário Artcitizenship
Ano
2019
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
--
Abstract/Resumo
Este artigo parte de uma proposta de pesquisa sobre formas expressivas e artísticas contemporâneas, levadas a cabo por pessoas negras no contexto de uma pesquisa etnográfica no Brasil, e de como elas nos permitem avaliar a (re)criação de um sujeito político particular: a mulher negra. Durante aproximadamente 1 ano, pude conviver e trocar ideias e experiências, em particular com um coletivo de jovens negras atrizes que formavam o Coletivo Nega, mas também com outras mulheres negras ativistas, académicas e com algum tipo de envolvimento no campo artístico. Estas modalidades de questionamento artístico feita por negro/as que surgem no presente devem ser inseridas numa reactualização de processos anteriores submersos pela ação hegemónica de uma história, crítica, produção e mercado de arte branco que as invisibilizou. Elas têm vindo a conseguir apesar de tudo dar à luz espaços de dissenso, contestação e resistência bem significativos. Há hoje uma disputa tensional e um novo processo de conquista de um lugar de fala (cf. Ribeiro 2017) para as pessoas negras, ou seja, o reconhecimento de que certas pessoas tenham acesso à palavra quando esta lhes foi historicamente negada.
Agradecimentos/Acknowledgements
Agradeço a Ricardo Campos e a Alix Sarrouy pelo convite
Palavras-chave
racismo,arte,teatro negro,feminismo negro,Brasil
  • Antropologia - Ciências Sociais

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.