Outras publicações
Publicações de divulgação técnico-científica e cultural
Ana Paula Marques (Ana Paula Marques); Catarina Sales Oliveira (Sales Oliveira, Catarina); Cristina Rodrigues (Cristina Rodrigues); Elsa Mano (Mano, Elsa); Silvia Pinto Ferreira (Ferreira, Silvia); Luísa Veloso (Luísa Veloso); Rosário Mauritti (Mauritti, R); et al.
Título Revista/Livro/Outro
Fórum Govint (GT Desemprego e Desigualdades Sociais
Ano
2018
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Abstract/Resumo
O mercado de trabalho tem vindo a ser objeto de transformações significativas na Europa, em geral, e em Portugal, em particular. Em associação com a mais recente crise económica nos países Ocidentais, que remonta a finais de 2007, manifesta tendências crescentes de rutura e de coexistência de situações heterogéneas para as quais importa estar atento. Estamos perante mercados de trabalho constituídos por múltiplos segmentos que se diferenciam entre si em função de fatores como o nível de escolaridade e de qualificação, o local de residência, a idade, o sexo, a origem social, etc. e que, porque distintos, exigem respostas diferenciadas ao nível do seu enquadramento laboral, quer da parte do Estado, quer do terceiro setor, quer ainda do setor lucrativo. Propõe-se, assim, que se estruture uma leitura da complexidade do fenómeno, pois é de problemas sociais complexos que se trata, remetendo, por exemplo, para a abordagem ao nível do sistema de emprego, proposta por Maria João Rodrigues no final da década de 1980 (Rodrigues, 1988), a qual contempla os vários domínios centrais para o equacionamento da governação integrada, desde a estrutura dos stocks de população e respetivos fluxos entre eles, passando pelas variáveis económicas e sociais.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Mercado de trabalho,Segmentação do trabalho,Desemprego,Precariedade,Governação integrada