Artigo em revista científica Q3
Redes de sociabilidade, identidades e trocas geracionais. Da “Cova da Música” ao circuito musical africano da Amadora
Pedro Varela (Varela, P.); Otávio Raposo (Raposo, O.); Lígia Ferro (Ferro, L.);
Título Revista
Sociologia, Problemas e Práticas
Ano
2018
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Scopus

N.º de citações: 0

(Última verificação: 2019-06-13 01:23)

Ver o registo na Scopus

Abstract/Resumo
As fronteiras geracionais são habitualmente apontadas como fatores de diferenciação social no que toca às práticas e construções de determinados géneros musicais e estilos de vida associados. A partir de uma pesquisa etnográfica realizada no bairro da Cova da Moura e noutros lugares do circuito musical africano da Amadora, protagonizado por imigrantes cabo-verdianos, concluímos que as sociabilidades e as trocas culturais entre artistas de várias gerações, muitas vezes estabelecidas a propósito da partilha de saberes relacionados com os usos das novas tecnologias, por um lado, e com a aprendizagem de instrumentos musicais, por outro, adquirem uma importância ímpar na construção das identidades sociais. Deste modo, salienta-se a centralidade da música nas trajetórias migrantes que se cruzam em vários espaços da Amadora.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Música,Migrações,Gerações,Etnografia urbana
  • Sociologia - Ciências Sociais
  • Outras Ciências Sociais - Ciências Sociais
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
UID/SOC/03126/2013 Fundação para a Ciência e a Tecnologia