Artigo em revista científica
Representação da mobilidade e práticas de mobilização em empresas portuguesas: o caso de uma expatriação
João Vasco Coelho (Coelho, J. V.);
Título Revista
Configurações
Ano
2019
Língua
Português
País
Portugal
Mais Informação
Títulos Alternativos

(Inglês) To choose or to be chosen? Exploring expatriate selection practices in Portuguese multinational companies

(Francês) Choisir ou être choisi? Sélection d’expatriés au sein des entreprises multinationales portugaises

Abstract/Resumo
A mobilidade associada à prestação de trabalho tende a ser apresentada e repre­sentada com acento laudatório, no plano do discurso gestionário e organizacio­nal: constitui uma oportunidade, um lugar de estímulo, de crescimento, de diferen­ciação. O presente artigo interroga os modos de representação contemporânea da mobilidade enquanto eixo de configuração da prestação de trabalho, explorando a forma como a mobilização para um regime de mobilidade concreto - uma expa­triação - tem lugar no quotidiano gestionário das empresas portuguesas. Vinte e quatro casos individuais de mobilização constituem o corpus empírico da pes­quisa, salientando a sua análise o incentivo diferencial da mobilidade, enten­dido enquanto espaço de oportunidade, que é colocado em prática pelas empresas.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Mobilidade,Expatriação
  • Sociologia - Ciências Sociais
Registos de financiamentos
Referência de financiamento Entidade Financiadora
UID/SOC/03126/2013 Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.