Artigo em revista científica Q3
The fate of backwardness: Portuguese expectations over modernity
Catarina Frois (Frois, Catarina);
Título Revista
Anthropological Journal of European Cultures
Ano
2012
Língua
Inglês
País
Estados Unidos da América
Mais Informação
Scopus

N.º de citações: 2

(Última verificação: 2019-10-12 09:30)

Ver o registo na Scopus

Abstract/Resumo
In Portugal, terms such as 'modernisation', 'progress' and 'development' are continually invoked by a wide range of social actors, representing the right path and ultimate goal of all political and social change, but on the other hand conceal the actual truth that, to use Latour's expression: 'We have never been modern'. The result is that the demand for modernisation is accompanied by the parallel reifi cation of 'backwardness'. Alluding to Portugal's peripheral condition, to its distance from the rest of Europe and so forth, is part of common everyday discourse, and the country is typically portrayed as a kind of European backwater, forever lagging behind more advanced states. This article aims to present and discuss how backwardness and modernisation are recurrently present in political discourse as a leitmotiv for social, economic and cultural change and the way it is incorporated into a broader and rooted self-representation of the Portuguese modus vivendi and national features.
Agradecimentos/Acknowledgements
--
Palavras-chave
Backwardness; European policies; Modernisation; Portugal
  • Sociologia - Ciências Sociais
  • Ciências Políticas - Ciências Sociais
  • Outras Ciências Sociais - Ciências Sociais

Com o objetivo de aumentar a investigação direcionada para o cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para 2030 das Nações Unidas, é disponibilizada no Ciência-IUL a possibilidade de associação, quando aplicável, dos artigos científicos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Estes são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável identificados pelo(s) autor(es) para esta publicação. Para uma informação detalhada dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, clique aqui.